Completados
Pastsenger
0 pessoas acharam esta resenha útil
21 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 7.0
Acting/Cast 7.0
Musical 2.0
Voltar a ver 3.0
Esta resenha pode conter spoilers

SÉRIE MUITO INTERESSANTE APESAR DO ROMANCE FRACO

Já vou começar rebatendo os comentários dizendo que o final passa uma vibe de predador sexual. Parece que vocês não assistiram a série e obviamente são complexados com diferença de idade (sendo que os dois são adultos), vocês precisam de muita terapia pra saber diferenciar uma relação realmente abusiva de uma que não é, porque essa não é. Vocês precisam parar de problematizar cada coisinha que vocês veem sem analisar a situação, essa é uma atitude extremamente infantil de gente que ainda não entende como a vida funciona e reproduz tudo que vê na internet.
Agora vamos falar da série.
Essa é uma história que te prende, gosto de muitas coisas nela mas o romance em si acabou sendo deixado um pouquinho de lado, sinto que não tivemos o suficiente de romance mas o roteiro como um todo te mantem aqui.
As atuações não são as melhores do mundo mas são convincentes, essa série é uma boa pedida pra você que quer algo um pouquinho diferente mas ainda dentro de um contexto universitário.
No final acontece uma coisa que não precisava e quebrou a magia da série sem necessidade alguma (você vai saber o que é quando ver) e foi difícil continuar sem se irritar a cada minuto, mas deu "tudo certo" no final.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Grid
1 pessoas acharam esta resenha útil
de Milena
21 dias atrás
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 8.0
Acting/Cast 5.0
Musical 1.0
Voltar a ver 5.0

Nem quem ganhou nem perdeu, ganhou ou perdeu. Todo mundo perdeu.

É um bom drama. Tem uma boa premissa e consegue explicar e solucionar todos os problemas que apresenta e cria. Dito isso, não é um drama pra todo mundo. Tem ritmo mais lento que o comum - tanto na execução da ação quanto no desenvolvimento narrativo -, nem sempre segue uma ordem cronológica na apresentação dos eventos, por vezes parecendo mais confuso e até mais difícil - ou inteligente - do que realmente é. Pra quem gosta de ficção científica, mas principalmente de viagem no tempo, e não se incomoda em não receber tudo muito mastigado e de imediato, eu recomendo fortemente.

Minha nota só não é mais alta porque eu mesma, na minha ansiedade - e talvez pelo costume com a maioria das produções -, fiquei um pouco impaciente e às vezes entediada com a demora pra chegar "nos finalmentes", como comentei no meu feed sobre um dos primeiros episódios.

(o título não é um spoiler, só uma brincadeira)

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
OrG! (Come & Play)
0 pessoas acharam esta resenha útil
22 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 6.0
História 6.0
Acting/Cast 6.0
Musical 1.5
Voltar a ver 6.0
Esta resenha pode conter spoilers

Outra decepção Filipina

Olha galera, vindo das Filipinas eu não posso reclamar muito, pq já começo a assistir esperando que não seja um show de qualidade, quando é, é uma grata surpresa, porém não foi nesse caso.

Posso dizer que a série é mais LGBT+ do que BL. Um plot até interessante, porém pessimamente desenvolvido, e com um final aberto pra piorar tudo.
A história gira em torno de duas situações. A primeira é o grupo de amigos de um jovem chamado Ram, que organiza orgias homossexuais, e a segunda é o namoro de Ram e Nikko, que faz com que ele se afaste desses amigos para priorizar seu amor e seus estudos. O primeiro plow Twist acontece pq Ram descobre que seu namorado, por quem ele se afastou das orgias, agora trai ele participando das orgias (que FDP). O segundo plow Twist é no final, quando percebemos que André, que até então era um safado em minha concepção, era quem conversava pelo chat com Ram, o que me fez pender para o lado dele.

O chato dessa história é que ela acaba não fazendo sentido por não explicar o porquê de certas situações. Pq Nikko implorou pelo perdão de Ram se já tinha outro a quem amava e com quem estava se relacionando? Aliás, como alguém perdoa algo assim? Pq não fizeram mais um EP mostrando como ficou a situação entre Ram e André? André sabia quem era RAM? Tenho muitas perguntas e quase nada de respostas... 8 EPS curtíssimos que me fizeram perder tempo.

Críticas? Tenho muitas... Obviamente é um projeto de baixa produção, mas além do roteiro, temos outros problemas. Além do núcleo principal, a atuação dos demais era questionável. Odiei o que eles faziam com o jovem empregado de André, tratavam ele muito mal e deveriam ter no mínimo levado uma lição por isso. Como o enredo é ruim, a quantidade enorme de cenas de sexo e nudez parecem muito apelativas, como algo que as pessoas "gostam de ver" para compensar a qualidade.

Em relação aos aspectos técnicos, a única coisa que achei interessante foi o fato de não se passar nem em escola/universidade ou escritório, mas a ambientação poderia ter saído de dentro dos apartamentos, pelo amor de Deus, o povo coisando sem cessar, e haja c* pra tanto p@u.

Enfim, se quer assistir não espere uma obra de arte. Se gosta de putaria sem conteúdo, está no lugar certo, e se está apenas curioso, tire suas próprias conclusões, que podem divergir das minhas.

Eu não assistiria de novo nem que me pagassem.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Behind Your Touch
0 pessoas acharam esta resenha útil
22 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 4.0
História 3.0
Acting/Cast 6.0
Musical 6.5
Voltar a ver 1.0
eu gostei bastante da primeira parte (primeiros 8 episódios), a comedia era divertida e a trama, que é extremamente rasa, foi suficiente para criar uma linha narrativa aceitável. Porém, na segunda parte (9-16) a comédia diminui drasticamente, a trama começa a ficar extremamente monótona e enjoativa, e a serie fica com um tom tão dramático(mas muito mal executado), que os momentos que deveriam ser de comédia acabam se tornando irritante.
O ponto negativo constante, pra mim, foi a parte de investigação do personagem do Lee Min Ki. Ele é um detetive completamente inútil, completamente dependente da habilidade da FMC, e a incapacidade do roteiro em apresentar momentos de suspense e de resoluções de crimes sem depender 100% dos poderes dela é irritante.
A segunda parte desse romance é extremamente arrastada, com as tramas envolvendo o serial killer sendo forçados, sem fluidez, em cada episódio sendo apresentando algum suspeito que era rapidamente descartado, e a linha narrativa que era no máximo aceitável, aqui se torna ruim.
A conclusão da serie foi, de alguma maneira, mostrar em como o roteirista dessa serie é extremamente medíocre, e que a revelação do serial killer foi algo muito mal planejado, sendo simplesmente introduzido do mais absoluto nada, não tendo nenhum planejamento, na tentativa falha em tentar não fazer a serie se tornar previsível.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Barganha
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
6 of 6 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 9.0
Musical 8.0
Voltar a ver 7.0
Estava a procura de algo para ver e decidi testar este drama e foi uma grata surpresa. Realmente não sabia nada sobre o enredo, cheguei sem expectativas e gostei. É um drama bem doido, mas que acaba prendendo a atenção e por serem episódios curtos você acaba vendo tudo de uma vez só.

O primeiro episódio é incrivelmente viciante porque é um encadeamento de eventos inesperados que te prendem do inicio ao fim. O jogo de câmeras faz parecer que você está acompanhando os personagens de perto e é muito imersivo.

Apesar do tema pesado que o drama aborda, é também muito cômico. Eu dei muitas risadas porque não tinha como levar a sério o "policial" Hyung Soo com aquela cuequinha vermelha e botas laranjas e sem nenhum pingo de instinto de sobrevivência. Só de lembrar já começo a rir. Sem contar o Geuk Ryul, obcecado em conseguir o rim do Hyung Soo, e sua condição "imortal" porque não é possível que o cara tenha sobrevivido a tantos maus-tratos, mas sempre reaparecendo do "nada" de volta a ação. E, claro, temos a Joo Young , a garota que não dá pra confiar, mas leva todo mundo no papo. Muito boa a atuação da Jeon Jong Seo. Amei ela neste papel.

Um drama de sobrevivência muito louco e muito cômico. Realmente não se leva a sério e isso é ótimo também. Espero realmente que façam a segundo temporada. Quero saber o que aguarda esses três malucos nesse mundo apocalítico que eles encontraram depois de sair do prédio.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Hospital Playlist 2
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.5
História 8.0
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 6.0
Esta resenha pode conter spoilers
Nesta segunda temporada continuamos a acompanhar os amigos médicos em suas jornadas profissionais e seus percalços nas vidas pessoais.

Narrativamente pouca coisa avançou na história pessoal deles, na verdade, houveram alguns retrocessos no caso do Jun Wan e Ik Soon. O namoro que parecia sólido e bem resolvido mesmo com ela indo estudar fora e acabou afundando do nada. Só voltam aos bons termos nos episódios finais. O curioso é que, com exceção do Ik Jun, ninguém fica sabendo do namoro deles.

Também não temos muitos avanços com relação a Song Hwa e Ik Jun. Só praticamente no episódio final da segunda temporada é que o pedido de namoro (feito lá na primeira temporada) é respondido positivamente pela Song Hwa.

Em termos de avanços, mas a passos de tartarugas, temos Jung Won e Gyeo Wool. Não tiveram necessariamente um avanço pois o namoro continua em segredo e nenhuma proposta de casamento foi feita (ele até que tentou), mas pelo menos não tivemos retrocessos nesse caso.

E finalmente Suk Hyung e Min Ha (a Chuchu rs). E finalmente mesmo! Suk Hyung consegue se declarar e o namoro foi firmado.

Minha impressão final é que nada acontece em Hospital Playlist, mas acontece muita coisa. São episódios bem longos. Mas a maioria das cenas são casos de pacientes, as relações pessoais no trabalho (e nisso o elenco de apoio é muito relevante) e eventualmente os amigos que reúnem para tocar juntos ao final de cada episódio. Apesar disso, ou talvez por isso, gosto de Hospital Playlist.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Apostando Alto
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 9.0
Acting/Cast 9.5
Musical 9.0
Voltar a ver 9.0

Sou da tocida Nan Do San mais que justo

MARAVILHOSO, DORAMA QUE TRAz UMA VIBE DIFERENTE, COM UM ENRREDO QUE ESPLORA A TECNOLOGIA, AMIZADES, AMOR, FAMILIA.
Tras muitas liçoes de vida não sei se foi so eu que ficou na tocida dos meninos conseguir o patrcinio da empresa famosa la, os coitados levou tanto não, mas numca abaixava a cabeça, sempre seguido seus sonhos de colocar seu progetos entre os tops. Quando eles consegue eu não aguentei chorei com eles. É muito louco quando voçe fica fissurado em um obejetivo, que vc ve o tempo passando, pessoas progredindo, familia fazendo pressao, combranças internas, e aquele sonho nao deslancha chega um momento que realmente da vontade de chutar o balde. Mas o dorama mostra que quando Deus ta no camando e quando vc esta fazendo sua parte, presistindo, acreditando sua hora chega.
CARA, NAO ENTENDO POR QUE O POVO FICOU NA TOSSIDA DO OUTRO LA O EMPRESARIO QUE FOI POBRE, MANO, QUANDO ELE ERA JOVEM ELE PASSOU POR MOMENTOS DIFICIL POR TER ACABADO DE SAIR DE UM ORFANATO. A VÔ DA DALMI AJUDA ELE, MAS ELE MUITO DESCONFIADO, MARRENTO, TOPA SE AJUDADO PELA SENHORA FICA MORANDO NO LUGAR LA DA SENHORA, EM TROCA DELE ARRUMAR O DINHEIRO PRA IR EMBORA E PRA MANDAR CARTAS PRA NETA. EM TODO MOMENTO FOI A VÔ QUE TEVE ESSA IDEIA MALUCA DE MANDAR UM GAROTO ENVIAR CARTAS PRA NETA, EM NENHUM MOMENTO ELE DESENVOLVEU SENTIMENTOS POR ELA. TEMPOS DEPOIS ELE VOLTA A VÓ PEDE QUE ELE POSSA FAZER O NEGOCIO DE NOVO. MAS ELE SE FAZ DE DESINTERESSANDO E TANTO QUE ELE BOTA UMA OUTRA PESSOA PRA SE PASSAR POR ELE. QUE NO CASO É UMA PESSOA ENVENTADA PELA VO. O CARA QUE ELE COLOCA PRA CONHECER A DALMI É O NAM DO SAN, O CARA E LEGAL, DETERMIMADO, ENGRAÇADO, ROMANTICO, TIMIDO, OBVIO QUE IRIA ROLAR ALGO ENTRE ELES. NESSE MOMENTO O OUTRO ENVENTA DE SENTIR ALGUMA COISA PELA DALMI. NUNCA TEVE DO LADO DELA EM NADA, SEMPRE TACANDO AGUA FRIA, PALAVRAS CRUEIS. PRA DEPOIS VIM COM NEGOCIO DE AMOR E O POVO AINDA FICAR NA TOCIDA, AI NAO LASCA VIO. QUEM FOI QUE SEMPRE ESTAVA DO LADO DELA, NO CHORO, ALEGRIA, O NAN DO SAN, SIM, ELE MENTIO, SE PASSANDO POR UMA PESSOA QUE NÃO EXISTIA. MAS ELE REALMENTE AMAVA ELA

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
A Lenda do Mar Azul
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
20 of 20 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 8.0
Acting/Cast 8.0
Musical 6.5
Voltar a ver 8.0
Esta resenha pode conter spoilers
O que dizer desse dorama, que tem uma cinematografia deslumbrante. A historia é narrada em dois tempos, senda um na era disnatica e outro na era contenporanea, e particulamente achei muito legal, por que na maioria quando tem esse detalhe a serie fica entediante e acaba perdendo o foque da narraçao. E aqui não cada tempo é uma justificativa do que aconteceu ou estar pra acontecer. O DORAMA É SOBRE UM ROMANCE ENTRE UM HOMEN DE FAMILIA RICA QUE SE APAIXONA POR UMA SEREIA.
E OBVIAMENTE ESSE AMOR SOFRE MUITO INTERFERENCIA TANTO DAS PESSOAS QUANTO DO AMBIENTE, POIS UM MORA NA TERRA E A OUTRA NA AGUA. E PRA PIORAR ELE É COMPROMETIDO E ELA POR SER SEREIA AS PESSOAS TEM BASTANTE MEDO POR ASSOCIAR ELA COM OS EVENTOS CATASTROFICO QUE ACONTECE NO LUGAR .
e por conta disso eles não vivem esse amor, mas em uma outra vida eles acabam se reecontrando, só que detalhe ela esta como humana por pouco tempo. Mas durante esse tempo ela conveve com as pessoas e é muito engraçado por que ela nunca tinha feito isso é tudo bastante novo, a mesma virou dorameira. Eu fiquei chocada, pq tipo um personagem de dorama que vira dorameira eu fiquei???? então ta, né. Ela tentando imitar a estatua ou quando tentava comer os peixes no aquario é hilario.
A TRAMA FALA DE ASSUNTOS REAIS TAMBEM, TIPO.
COMO UMA ESTRUTURA FAMILIAR É DE SUMA IMPORTANCIA PARA AS CRIANÇAS , E QUANDO ESSA BASA DESMORONA E A UNICA ALTERNATIVA É O DIVORCIO, SÃO OS PEQUENOS QUE LEVAM O MAIOR IMPACTO, E ISSO FOI TRATADO NO PERSONAGEM HEON JEOON - JAE. O PAI DESCONTAVA O DIVORCIO NO FILHO, A MÃE DO POBRE FOI EMBORA POR MOTIVOS BANAIS. APESAR DELE SER RETRATADA COMO UM VIGARISTA. No fundo a criatura so queria a atençao de uma pessoa que realmente gostasse dele, e notamos seu amadurecimento quando ele revive o amor com a sereia. Não curte muito o final pois aquele canalha do pai dele teve um fim mediocre, só a morte foi pouco. O vilão tambem teve um fim bem mediano, entao teve coisa que nao gostei, mas de resto eu curtir.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Accomplishment of Fudanshi Bartender
0 pessoas acharam esta resenha útil
de teclas
23 dias atrás
2 of 2 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 8.0
Acting/Cast 10
Musical 6.0
Voltar a ver 7.0
Esta resenha pode conter spoilers
A história gira em torno de um BL otaku (um fudanshi) que trabalha como bartender, enviando clientes do sexo masculino e outros caras em pares em sua fantasia enquanto prepara suas bebidas. Os colegas de trabalho do barman observam a loucura se desenrolar, e diferentes caras entram no bar, e diferentes histórias de fantasia se desenrolam com base em suas palavras. A atuação é excelente, com o personagem principal agindo como um dos personagens mais estranhos que já vi. A música é calma, inspirada no jazz e adequada para a localização do bar.

Como fã de BL, eu definitivamente assistiria novamente a esse show para ver as cenas de fantasia de BL novamente. O show é uma carta de amor para yaoi (e fudanshis) e uma paródia de yaoi e fudanshis. A história é hilária, com o Bartender Hibiki sendo um fã ridículo e exagerado de BL e suas excepcionais habilidades de mixologia. Sua obsessão pelos "navios" perfeitos para os outros dois bartenders e suas fantasias com os clientes do sexo masculino são bastante cômicas.

A atuação é excelente, com o Bartender Hokuto tendo algumas das cenas e falas mais engraçadas. O show é um momento ótimo e divertido, me lembrando da paródia sul-coreana The Boy Next Door. O protagonista principal é elogiado por sua beleza, atuação e dublagem, tornando-o imperdível para os fãs de BL.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Tsukuritai Onna to Tabetai Onna
0 pessoas acharam esta resenha útil
de teclas
23 dias atrás
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 6.0
Voltar a ver 10
Esta resenha pode conter spoilers
A história gira em torno de Yuki (que adora cozinhar) e Kasuga (que adora comer), que encontram uma combinação perfeita. O roteiro se concentra em aceitar a sexualidade e as expectativas em relação às mulheres, com os protagonistas tendo química satisfatória e boa atuação. O drama não é um drama GL, mas um drama lésbico adulto sobre a maioridade, com foco na dinâmica de mudança lenta entre as duas mulheres que encontram sua metade complementar. Os pequenos comentários e práticas, muitas vezes denominados “microagressões”, podem ter um impacto duradouro sobre os outros, causando insegurança, dissonância e cautela. O drama parece coloquial, com mensagens de resposta que não são prolongadas e penduradas para referência contínua.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Be Mine SuperStar
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 4.5
História 4.5
Acting/Cast 7.0
Musical 2.0
Voltar a ver 1.0
Esta resenha pode conter spoilers

O CASAL SECUNDÁRIO É A MELHOR COISA DESSA SÉRIE MAS TEVE POUCO TEMPO DE TELA

Vamos por partes.
1° A premissa era boa mais foi mal desenvolvida;
2° O casal principal não tem química e muitas cenas dão muita vergonha alheia por conta do Punn que é um personagem tão chato que chega a ser irritante;
3° O casal secundário é muito superior ao principal mas tiveram pouco tempo de tela;
4° (ALERTA DE SPOILER) Ainda falando sobre o casal secundário, aquela cena de traição facilmente perdoada no final é intragável pois mostra justamente que por não ter tempo de tela tudo foi corrido, inclusive os conflitos e resoluções
5° As cenas sexuais são muito boas e salvam esse drama

No geral essa é uma série meia boca mas uma coisa ou outra se salva. É tolerável.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
The Middleman's Love: Uncut
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 5.5
História 5.5
Acting/Cast 7.0
Musical 5.0
Voltar a ver 1.0

IMPOSSÍVEL GOSTAR DO JADE E TODOS OS COADJUVANTES SÃO MAIS INTERESSANTES QUE ELE

Já avaliei essa série na versão normal e agora estou apenas agregando pontos dessa versão sem cortes.
Todos chegamos a conclusão que o Jade é insuportável e aqui infelizmente não é diferente, os acréscimos apenas adicionam uma cena ou outra com consistência.
As cenas sexuais são boas e é apenas isso, todo o resto continua igual ao que nós vimos na primeira versão.
Todos os coadjuvantes são mais interessantes que os protagonistas.
Amo minhas migalhas de King e Uea e gostaria de ver mais do Bas.
Essa série não faz jus a perfeição que é "Bed Friend".

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Amor de intermediário
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 5.5
História 5.5
Acting/Cast 7.0
Musical 5.0
Voltar a ver 1.0

QUANDO FOI QUE O JADE FICOU TÃO CHATO?

Essa série vem logo após "Bed Friend" que é uma das minhas séries favoritas de todos os tempos mas nessa aqui a qualidade caiu muito.
Em "Bed Friend" o Jade era engraçado e inocente na medida (era até mesmo fofo), mas aqui eles exageraram demais no quesito comédia e ficou parecendo uma série infantil, você sente muita vergonha alheia em várias cenas.
Jade e Mai não funcionam pra mim, a química é baixa e eles são bem sem graça, eu estava muito mais interessada em tudo que estava acontecendo ao redor com todos os outros personagens do escritório.
Eu gostaria muito de ter visto mais do Bas, ele e seus problemas pareciam muito mais interessantes que todo o resto, e é claro que eu estava obcecada por cada migalha de King e Uea porque eu sou apaixonada por eles.
Enfim, o que segurou minha nota na média foi a comedia paralela que estava acontecendo no escritório, os personagens coadjuvantes e o carinho que eu tenho por "Bed Friend".

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Cooking Crush: Uncut Version
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 4
No geral 6.0
História 6.0
Acting/Cast 9.0
Musical 5.0
Voltar a ver 2.0

SÉRIE GOSTOSINHA PARA PASSAR O TEMPO

Essa é uma daquelas comédias românticas que você da play quando quer algo para passar o tempo e não quer pensar em nada, é uma série fofa e engraçada.
Ela cumpre muito bem seu papel e a química entre os protagonistas é boa, só não é uma das minhas favoritas do gênero apenas por gosto pessoal.
Em alguns momentos ela se esforça demais para ser correta e isso é um passo atrás pra mim.
E tem mais humor do que romance, então perde mais alguns pontos comigo.
É uma série ok e gostosinha para passar o tempo, eu vejo que muitas pessoas avaliam as séries daqui de forma muito obcecada pelos atores e pelo que esperam deles, mas eu mesma não me interesso por isso, nunca sei nome ou vida de ninguém que interpreta esses personagens, eu só dou play e vejo se gosto ou não.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Rainha das Lágrimas
0 pessoas acharam esta resenha útil
23 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 10

O que vai deixar saudade

Sobre *Rainha das Lágrimas*, esse foi um Drama que não tenho o que falar, fazia tempo que eu não via um Drama tão fascinante, que teve uma mistura de amor, piedade, ódio, vingança.... em mim, vi uma história de esperança, uma história que, por mais que você pense que vai dar errado, a força do amor sempre vence, a esperança é a força, a fé é a força. O amor venceu todas as barreiras, o amor transformou pessoas, o destino estava traçado e nada poderia impedir.... Essa história merece todos os prêmios a que concorrer, os atores souberam passar todas as emoções, a química entre todos os atores era notável, tanto nas cenas de ódio eles souberam passar realidade, e torço para que o ator Park Sung-hoon o vilão Yoon Eun-seong não sofra tantos haters como já vem sofrendo, que ele consiga superar, a atuação dele foi impecável, ele não merece esse tipo de tratamento. Todos trabalharam de forma impecável. Eu torço para que a roteirista tenha mais inspirações como essa e que nos presenteie como Dramas tão lindos e envolventes como esse;

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?

Discussões Recentes