Completados
Only Friends
0 pessoas acharam esta resenha útil
21 horas atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.5
História 7.0
Acting/Cast 6.0
Musical 8.0
Voltar a ver 4.5

RESENHA BRASILEIRA

A GMMTV quis fazer algo mais ousado para o público que gosta desse tipo de conteúdo. Eu, particularmente, não curto assistir nada que tenha cenas de s3x0, gemidos me dão vergonha alheia e fico fora da imersão, pensando em como foi para os atores encenarem aquilo e fingirem que estão sentindo prazer KKKKK. Mas, enfim, sobre a série, há pontos positivos e negativos.

POSITIVOS: Os figurinos são maravilhosos. A vibe vintage me encanta porque acho lindo demais. Tem muito couro, jaquetas, jeans, motos, discos, vitrola e bebidas amareladas. Chique. A fotografia é muito bonita e a vibe de todo o conceito é incrível. Outro ponto são os barracos; eu amo brigas e bate-bocas. E uma coisa que gosto bastante é quando, em uma série LGBTQIA+, eles falam abertamente sobre isso. Eles mostram quem são, como o Sand citar que é bi ou o Boston dizer que nasceu sabendo que gostava de homens. Não é uma série onde os personagens vivem em um mundinho cor-de-rosa ou que a sexualidade do personagem é gostar de somente outro homem e não de homens em questão.

NEGATIVOS: Prometeram muitas coisas. Eles apresentaram uma narrativa e personagens que não souberam desenvolver. A história era sobre um grupo de amigos, mas a menina foi mal trabalhada; eu queria ter visto mais dela e da namorada. Se eles entregaram um protagonista podre que é infiel, deveriam mantê-lo assim até o final. O Top era infiel, tinha suas qualidades, mas era um filho da p**a, e deveria ter continuado assim até o final, pois seria um dos melhores personagens. Não fez sentido aquela redenção. O Mew melhorou muito no meio da série quando começou a desenvolver uma personalidade vingativa, mas de repente ele se torna um corno manso. NÃO! Que ódio. Deixem ele brilhar, cuspir na cara do Top, beijar várias bocas na frente dele. Vi por aí que foi culpa dos fãs, que disseram estar estragando o shipp, por isso ficaram juntos no final. Porém, achei que estragaram a história.
Sobre o Boston, ele é o pior e o melhor personagem. Ele é podre e permaneceu podre até o final, o que é maravilhoso. Eu gosto de personagens podres que têm um final sozinho e não mudam. O Nick teve uma evolução, sendo um dos poucos personagens que foram bem trabalhados, porque se ele ficasse com o Boston no final sem amor próprio, eu tacaria meu computador na parede. Outra coisa que odiei foi terem o poder de dar destaque para a personagem da Jennie Panhan, mas tratarem tudo de forma muito rasa. Igual ao tratamento do vício do Ray e a terapia mal feita dele.

Considerações finais: Assisti apenas por causa das roupas, música, vibe, barracos e a química entre FirstKhao.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
O Oitavo Sentido
0 pessoas acharam esta resenha útil
22 horas atrás
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 8.5
Acting/Cast 10
Musical 8.0
Voltar a ver 10

RESENHA BRASILEIRA

Primeira vez que escrevo uma resenha de uma série/dorama/BL, e estou pensando em fazer isso mais vezes. Este BL mexeu comigo de uma forma que não sei explicar em palavras, mas tentarei. Não é apenas sobre a história que ele nos conta, porque, se fosse falar da história, seria apenas sobre dois garotos que se conhecem e se apaixonam devido à quantidade de vezes que interagem. Então, o que torna esse BL tão especial?

Sou uma pessoa que gosta de detalhes, beleza e atuação. Este BL entrega tudo isso. As roupas são bonitas, de acordo com a personalidade. A fotografia da série é maravilhosa, às vezes escura, às vezes clara, e isso não é à toa; tem uma explicação. Diversas coisas na direção dessa série são muito bem pensadas, como o jogo de câmera e o cenário. Outro ponto positivo: quase não há flashbacks. Aparecem umas duas vezes no máximo, e fazem sentido para a cena. Eles não tratam o telespectador como burro, voltando e explicando o que está acontecendo. Tanto que em alguns momentos eu parei e fiquei pensando: o que aconteceu? Espera, isso rolou mesmo?

Achei isso fantástico. Outra diferença é que não há câmera lenta como em outros Kdramas/BLs/séries. Quando os personagens se olham, é bem realista, sem câmera lenta e sem focar com várias câmeras na mesma coisa. Ainda há alguns clichês, como o protagonista caindo e o outro segurando, mas eles não focam nessa cena como algo grandioso. É simplesmente um acontecimento, o que torna tudo imersivo e natural. Isso é genial. Em momento nenhum você se lembra que aquilo ali é uma série, porque parece que você está vivendo.

Aí entro em mais um ponto: viver o momento. Os atores fazem isso conosco através da atuação. Os olhares, a voz, as expressões. Tudo isso é muito conectado conosco. Há momentos em que o protagonista passa por momentos dificeis e você sente a depressão dele, ou o desconforto. É nítido. E são poucas as vezes que há trilha sonora. Os efeitos sonoros são mais predominantes, como se realmente a cena estivesse acontecendo ali, ao vivo, na sua frente. Fora os personagens secundarios, todos tem qualidades e defeitos, uns vc odeia logo de cara, outros vc pensa que é insuportavel e no final está amando. A construção é muito boa.

Fantástico!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Dra. Cha
0 pessoas acharam esta resenha útil
2 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 10

Um Relato Emocionante.

Dra.Cha, eu recomendo fortemente que assista ao drama: TV sobre Médico. Confesso que chorei muito, mas sou alguém que se envolve profundamente com a história de um Dorama. Se você é uma pessoa que gosta de se emocionar, então este é o seu tipo de drama. Gostaria de enfatizar que, na minha opinião, o que mais me cativou foi a parte humana da história. A situação em que a personagem principal se encontra ao fundo do poço, mas seu renascimento é inspirador. Essa visão me mostrou como mulheres submissas podem se esquecer de si mesmas e das suas necessidades. Quando mudamos atitudes, críticas surgem, mas é sobre superação e mudanças e escolhas difíceis, na vida. Sobre vivermos e enfrentar mesmo com medo, e respirar feliz por estar vivo.

Ps: isso focando em partes uteis se gocar na parte da principal e sobre ela e os sentimos dela, olhando a obra por um ponto de vista diferente mesmo que para a sensação de que foi mal construido o roteiro ou a sensação de vazio que deixou para alguns. Mas aos que vuscam entender mais se colocando como o principal sentira o alivio igual o final apresenta para a angustia constante.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Não Consigo Te Alcançar
0 pessoas acharam esta resenha útil
2 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 5.5
Acting/Cast 7.5
Musical 9.5
Voltar a ver 7.0
Esta resenha pode conter spoilers

Esse é o ajuda sair de recsssca de doramas

Sinceramente, era o que eu presumia de Dramas Japonês, a única parte a me surpreender foi ser de fato um BL (boys love). Porém, gera muitas confusão de sentimentos a cada segundo que se passa e isso diverte muito no decorrer de 08 Episódios de 20 Minutos cada. Uma vibe clichê, mas que surpreendeu foi a produção Japonesa nesse temática clichê colegial fiel, de certa forma adorei e odiei pelas coisas que senti, mas as comemoração que esses episódios fazem humilhando a ansiedade e a nossa paciência de dorameira, não está escrito. E é muito fofinho. O segundo melhor D. japonês de 2023.

Obs: ele é o que eu presumia sobre ser mais simples, o tipico testa paciência e eu pelo catalogo da netflix não tinha me dado conta que era um BL, na madrugada, mas eu gostei, chorei de boba mas esse é o legal mesmo sendo algo mais bobo e simples.

Recomendo ele para surtar, sair da ressaca de comecar um dorama mais longo e se animar para procurar um próximo, bem para descontrair uma novelinha muito boa.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Ameiro Paradox
0 pessoas acharam esta resenha útil
2 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.5
História 10
Acting/Cast 10
Musical 8.0
Voltar a ver 2.0
Esta resenha pode conter spoilers

Candy Color Paradox conseguiu fazer um lembrete.o

'CANDY COLOR PARADOX'...A História dos principais que trabalham como jornalistas e fotógrafos pela cidade aos pouco vão se apaixonando, embora não tenha um foco no enrendo exatamente das vidas dos principais, é recheadinho de cenas chiclete e cliches que de verdade são as melhores que deixa o drama bom, que arranca os sorrisos, risadas, o famoso torcer para que aconteça um beijo finalmente pra rachar de alegria e felicidade.

A ost tem uma letra adorável da abertura, condiz com a história, até completa um rascunho sobre Kaburagi e seus sentimentos e está claro que a ost é como se fosse a voz interna de Kaburagi como uma declaração ao Onoe. Mas algumas se perdem em momentos errados na hora da melancólica, pode atraplajar alguns na imersão, mas foi bem colocada a quebra de expectativas.

As fotografias algumas são ótimas realmente outras não tem muito o que falar a não ser dar uma risada de algumas.

É interessante que no drama, mostra a rotina deles no âmbito de trabalho como um amor pode surgir no meio dessa confusão, o quanto que a falta de comunicação pode nos deixar confusos em uma relação onde nenhum dos dois lados desse relacionamento não é claro em relação aos seus sentimentos e se expressar verdadeiramente, o que causa os mal-entendidos que acontecem atualmente.

E deixou a lição de: "Se você não falar para a pessoa, ela nunca irá descobrir o que você sente." Independente de qual seja o resultado depois, que ao invés de guardamos e criar o Jó na nossa garganta deveríamos nos expressar mais, do que engolir um amargor por não ter sido honesto e sincero sobre o que você realmente sentia.

Sem contar que, não teve o exagero e nem a colocação de um estereótipo hentai, que geralmente acaba com a graça de qualquer BL, e isso tornou tudo mais confortável ao Drama não ter ocorrido, correndo com o perfeito roteiro, com as atuações ótimas, figurinos dignos, simplesmente excelente Jdrama.

Obs: foi engraçado pela cena sobre a relação intima deles ser colcoada de repente no episódio, mas já é esperado, pelo menos por mim essas surpresas serem do nada, torna tudo melhor, o inesperado. Acho que posso dizer que é marca registrada em algumas produções de JDrama.

PS: Sem contar que eles seguem o tipico padrão que existe em alguns animes quando o episódio começa e é narrado na visão do personagem principal, em se apresentar e logo depois vir a abertura para comcluir a introdução curta e típica.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Abandonados 1/20
Mate-me, Cure-me
0 pessoas acharam esta resenha útil
3 dias atrás
1 of 20 episódios vistos
Abandonados 0
No geral 1.0
História 1.5
Acting/Cast 1.0
Musical 1.0
Voltar a ver 1.0

Chato

Chato e infantil. Abandonei já no primeiro episódio que, aliás, foi torturante terminá-lo! A protagonista, uma psiquiatra, o tempo todo gritando. Grita com o irmão, depois com o paciente, novamente com outra paciente e por fim por medo. Age com histeria, totalmente sem noção por se tratar de uma psiquiatra. O assunto deveria ter tido uma abordagem mais equilibrada e menos pastelão.
Esta resenha foi útil para você?
Completados
As Três Irmãs
0 pessoas acharam esta resenha útil
4 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 9.0
Acting/Cast 10
Musical 7.0
Voltar a ver 7.5

Impecavel...

Quando comecei esse drama ja tinha uma ideia que possivelmente seria bom, por ter um elenco maravilhoso e uma premissa instigante, mas ele se superou em todos os quesitos possíveis. O enredo desse drama foi construído e amarado muito bem, mesmo tendo um "deus ex machina" para algumas coisas mirabolantes, a atuação desse elenco simplesmente PERFEITA, Kin Go Eun se entregou de corpo e alma pra personagem que é admirável ver todo o trabalho dela nesse drama.
Porem, tem algumas coisas que me incomodaram ao longo da construção do drama, mas não vou comentar aqui pois são spoilers (específicos).
Esse drama entrou para a minha lista dos melhores doramas que ja assisti em todos estes anos. Apenas assistam.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Anjos Caem às Vezes
0 pessoas acharam esta resenha útil
4 dias atrás
24 of 24 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 9.5
Acting/Cast 10
Musical 8.0
Voltar a ver 9.0
Esta resenha pode conter spoilers

Sempre há vida

Iniciei este drama após ler a sinopse e achá-la bem interessante. Definitivamente me interessei pela intenção de se mostrar a realidade de um paciente com ELA, principalmente porque não conhecia tão bem a doença. Desde o início, sabia que seria um drama triste, mas estava preparada (ou pelo menos achei que estava).
Gostaria de destacar que não sou uma grande fã de dramas chineses. Assisti poucos e sempre fui do time que assistiu mais dramas coreanos do que chineses. Sempre achei os dramas chineses meio lentos e demorados. Isso aconteceu também com esse drama. No começo, não entendia o porque de toda aquela contextualização sobre a vida dos personagens. Achava que a trama mesmo estava lenta e que não chegava nunca ao seu ápice. A cada episódio que passava, me perguntava quando ele finalmente descobriria a sua doença e o drama realmente fosse começar. Porém, após assistir todo o drama depois de uma pausa, me arrependo de ter pensado assim. Vejo o quão importante foi a apresentação dos personagens e das suas vidas, suas conquistas pessoais e profissionais, o romance e o fato da doença ter começado a aparecer aos poucos. Isso, definitivamente, fez muita diferença na caracterização da própria ELA: uma doença silenciosa, que começa devagar. Mais importante ainda, foi ver o quanto o protagonista tinha seus sonhos, sua família, seus amigos, seu trabalho... Me fez realmente pensar que, o que aconteceu a ele, pode acontecer a qualquer um.
Creio que nunca chorei tanto por um drama como nesse. O último episódio foi realmente muito difícil pra mim, visto que chorava a cada cena. Mas apesar de triste, esse é um drama que emociona pela sua simplicidade e sua forma de levar, de certa forma, esperança. Ver não só o protagonista, mas os outros pacientes, seus familiares e amigos, suportarem todas as adversidades com esperança foi muito recomfortante. Principalmente quando falamos da FL. Sua força realmente me inspirou e emocionou.
Mas, o mais importante que posso dizer sobre esse drama é sobre a sua forma de nos dizer que, na vida, sempre há problemas, mas temos que lidar com eles da melhor forma possível. O protagonista teve diversos momentos difíceis, teve que lidar com o diagnóstico de uma doença terminal , com o medo de não ser aceito, o medo de incomodar aos outros, o medo de morrer e a depressão. Mas, apesar de tudo, ele conseguiu aproveitar bons momentos com todos os que o ajudaram.
Enfim, ao fim deste longo texto, o que tenho a dizer é que o drama é muito bom, com história e elenco maravilhosos e que o recomendo fortemente



Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Fox Spirit Matchmaker: Yue Hong
0 pessoas acharam esta resenha útil
de solyen
4 dias atrás
36 of 36 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 4.0
Acting/Cast 9.5
Musical 10
Voltar a ver 5.0
Esta resenha pode conter spoilers
Antes de assistir, li várias críticas negativas sobre a atuação de Yang Mi, mas a única coisa, realmente boa nesse drama é a atuação dela. Hong Hong é um personagem muito difícil de se compor, pois não demonstra emoções, mas ela fez magistralmente. Ela estava linda em todas as cenas, alguns costumam ressaltar a questão de idade, mas Yang Mi está em plena forma.
O roteiro mostra os infinitos sacrifícios para preservar a intenção original de buscar a paz nos 6 reinos. Os protagonistas estavam dispostos a proteger um ao outro com a própria vida, mas faltou muito para empolgar com os romances, com as lutas e, até com os vilões. Esse drama poderia ter a metade dos capítulos, pois foi bastante repetitivo as lutas com o mesmo vilão. Há vários casais, mas nenhum dos romances consegue convencer.
A direção é bastante questionável, pois tinha em mãos um bom elenco, mas não aproveitou o melhor dos atores. O CGI é muito bom, mas a edição é sofrível.
O figurino é lindíssimo. Cada ator/atriz foi caracterizado para o personagem de forma agradável ao olhar. A música é cativante.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
O Príncipe Herdeiro Desaparecido
0 pessoas acharam esta resenha útil
4 dias atrás
20 of 20 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 9.0
Acting/Cast 9.0
Musical 9.0
Voltar a ver 9.0
Esta resenha pode conter spoilers

Gostei, valeu a pena esperar cada semana. Uma grata surpresa!


Drama histórico bom e sem enredo arrastado. E te mostra quem é mal, por ser mal, e quem se torna mal pela consequencia da vida. Toda história tem 2 lados, você acaba simpatizando com o romance do médico real e a rainha-mãe viúva, passar pelo o que eles passaram...mas, entende que os meios não justificam o fim.
Além disso, as atuações estão de parabéns! Principalmente de Suho como Príncipe Lee Gon, impressionate, ele conseguiu passar sentimentos em cada cena.
O que dizer do final, tinhamos 2 opções, eles seguirem separados com a lembrança de um amor que não poderia ser vivido ou ele abdicar do trono e escolher viver com ela, não tinha como ser diferente, o final foi feliz!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Drama Special Season 14: Confession Attack
0 pessoas acharam esta resenha útil
5 dias atrás
1 of 1 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.5
História 8.5
Acting/Cast 8.5
Musical 8.0
Voltar a ver 8.0
Esta resenha pode conter spoilers
O enredo deste episódio 7 do especial de dramas da KBS (2023) é o clássico "de inimigos a apaixonados". Os protagonistas são universitário que travam uma batalha silenciosa para serem o melhor da classe. Cada um tem seu motivo para lutar por tal status acadêmico. Então Cha Seok Jin decide fazer uma posta com os amigos de conseguir derrotar a Kang Kyung Joo e se tornar o melhor aluno da classe. Para isso decide desestabilizá-la a pedindo em namoro, porém para sua surpresa Kang Kyung Joo aceita a proposta e ele acaba recebendo um contragolpe. Todas as suas tentativas de sabotagem amorosa acabam sendo revertidas, o que é hilário.

Conforme a relação falsa vai se tornando cada vez mais sincera, Cha Seok Jin começa a sentir culpado pela farsa. Motivado pela sinceridade de seus sentimentos Cha Seok Jin decide renunciar a vida de luxo da família, bem como a pressão de ser o melhor, para viver a vida de forma mais leve sem a pressão de ser o melhor em tudo e ao lado da garota de quem ele gosta.

Uma comédia romântica fofa e engraçada bem levinha para que gosta do gênero.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Amor Segundo a Lei
1 pessoas acharam esta resenha útil
6 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.5
História 9.0
Acting/Cast 10
Musical 9.0
Voltar a ver 9.5

Drama Maravilhoso

Não nego que qualquer drama tendo Lee Se Young irei assistir e aqui não seria diferente, ela nos presenteia com uma protagonista cativante, caótica, apaixonada e com uma química incrível com Lee Seung Gi , que também amei acompanhar.

Esse é um drama divertido, que fará você se apaixonar pelos personagens e que nos traz um vilão que arrasou, você terá um misto de sentimentos ao acompanhar essa historia, vamos dar risadas e ficar apreensiva em determinados momentos, as cenas de romance são fofas e maravilhosas.

Uma comedia romântica muito gostosa, divertida e que foi incrível do começo ao fim, com um final perfeito e que eu simplesmente amei! Apenas digo que assistam, pois não vão se arrepender.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Em andamento 4/95
The World Is Kind to Me
0 pessoas acharam esta resenha útil
6 dias atrás
4 of 95 episódios vistos
Em andamento 0
No geral 10
História 7.0
Acting/Cast 9.5
Musical 7.5
Voltar a ver 9.5

?

Amando 😍 os dramas com Yu Long e Yang Mie Mie
❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️❤️
Esta resenha foi útil para você?
Completados
Hierarchy
0 pessoas acharam esta resenha útil
de Lunna
6 dias atrás
7 of 7 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 9.0
Musical 7.5
Voltar a ver 6.0
Esta resenha pode conter spoilers
Achei uma vibe meio 'Revenge of Others'.

Sim, a história não é nada tão frenética e nem tão intrigante, mas é sim um bom relógio, para mim valeu a pena dar play.

Mesmo não tendo um grande desenvolvimento, não achei que a história se perdeu, porém esperava que os alunos envolvidos no caos do Kang In Han iriam ter uma punição melhor.

Mas as perguntas que não querem calar com as cenas pós créditos...
No final Kang Ha virou um vilão?
Agora ele irá atormentar os ricos?
Será que teremos uma parte 2?
Esta resenha foi útil para você?
Completados
Infinity
2 pessoas acharam esta resenha útil
7 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 10

A miniserie que te prende do início ao fim.

Nunca tinha visto miniserie nesse estilo, foi incrível a experiência, como a história te prende. Todos os episódios são conectados de forma precisa, não deixando brechas para falta de entendimento.

O episódio final deixando todos com um gostinho de quero mais, foi incrível. Espero uma segunda temporada em breve.
Esta resenha foi útil para você?

Discussões Recentes