Completados
My Ride The Series
0 pessoas acharam esta resenha útil
9 minutos atrás
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 1.5
História 2.0
Acting/Cast 5.0
Musical 2.0
Voltar a ver 1.0

NÃO PERCA O SEU TEMPO

Comecei esse drama achando toda a premissa muito interessante mas me decepcionei bastante em muitos aspectos.
O personagem Tawan é extremamente fraco pra mim, eu não aguento com a mesma expressão durante todos os 10 episódios e o mesmo sorriso que eu sinto que não deveria estar lá na maior parte do tempo. Já o Mork achei um personagem excelente mas mal aproveitado (o que tem haver exclusivamente com o roteiro).
A história começa bem nos seus 2 primeiros episódios e depois fica extremamente arrastada, ela não te prende e é extremamente infantil, parece que eu estou acompanhando um casal infantil e não um casal adulto (culpa exclusiva do personagem Tawan que parece ter 9 anos de tão bobo), os casais coadjuvantes são um pouco mais interessantes mas não o suficiente para prender minha atenção por muito tempo, tanto que em um certo ponto comecei a pular várias cenas porque eu só queria acabar logo.
As cenas românticas não são convincentes e os beijos são vergonhosos para a experiência do público.
Enfim, uma decepção.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
The Good Bad Mother
0 pessoas acharam esta resenha útil
8 horas atrás
14 of 14 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 9.0
Voltar a ver 9.0

impactante e transformador

the good bad mother além de prometer uma história ótima (e nos entregar algo ainda melhor), nos promove reflexões sobre a vida, sociedade e amigos, sobre as nossas relações cotidianas, sobre a beleza de ser grato e viver no aqui e agora, de sermos mais flexíveis, ouvir mais, amar mais, perdoar mais, lidar com nosso passado e com nossas responsabilidades perante os outros, é sobre escolher agir de forma justa e valorosa.
atuações aqui são de altíssimo nível, em todos os núcleos, desde os mais dramáticos até os mais pastelões.
músicas? marcantes, emocionantes e necessárias.
tudo nesse dorama é excelente, tem um 10 garantido comigo!
se recomendo? tanto que não sei nem o que você está fazendo parado aí sem começar a assistir essa preciosidade!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Ngao Asoke
0 pessoas acharam esta resenha útil
15 horas atrás
31 of 31 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.5
História 10
Acting/Cast 10
Musical 3.0
Voltar a ver 3.0

Se você sentir o ódio dá vilão é porque o lakorn cumpriu o seu papel

Assisti até o final é uma batalha porque entre ódio e ranço, assistir com toda a força que me restava de tanto chorar com a protagonista.
Eu acredito que do mesmo jeito que sentimos amores por alguns atores o fato de sentir ranço dos vilões é porque eles cumpriram com maestria a sua função.

Haja sofrimento nunca vi ou talvez até tenha visto outro drama com tanto sofrimento mas esse não não protagonista fica cortada sofre igual uma desgramada e gostaria de saber porque disseram o nome dela todo e ficou esse um furo . Fiquei na esperança de que aparecer sentiu uns parentes distante que a resgatasse por causa do sobrenome que ela tinha mas não aconteceu a partir daqui não darei mais spoiler.

É uma história tocante do início ao fim a atriz colocada para fazer a personagem desse drama no ano de 2008 realmente convence e a vilã principal é de dar da dor no estômago.

Protagonista masculino é um banana, cego e i***** até o final da história ele dá ódio, Mas pela época retratada dá para perdoar mais ou menos mas se você tá afim de um drama que vai trazer ódio e Amor em seus vários estágios assista porque nesse lakorn tem de tudo.

Maratonei ele em 3 dias e realmente foi muito bom apesar de não haver muitas mudanças de cenário o diálogo dos atores não é cansativo.
Das três versões disponíveis Essa foi a que eu mais me identifiquei

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Jazz for Two
1 pessoas acharam esta resenha útil
de Lua
2 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 0
No geral 6.5
História 7.0
Acting/Cast 9.0
Musical 5.0
Voltar a ver 4.0

Tão fraca que não teve forças pra contar tudo.

Fui assistir essa série despretensiosamente, mas os primeiros capítulos foram acima da expectativa; e eu realmente estava esperando que fosse se tornar muito boa. Mas conforme o desenvolvimento, parece que a história começou a se perder cada vez mais e mais.
Mas antes, vou citar os pontos que eu achei positivos nela. A premissa é interessante: ela consegue te prender no início da história e atiçar sua curiosidade para saber o que vai acontecer dali em diante; a atuação é boa, e acho que os atores conseguiram trabalhar muito bem no que foi entregue a eles; a música e a fotografia são decentes, mas nada que chame tanto a atenção.
A história tem alguns furos e muitas falhas no desenvolvimento. O protagonista é um pianista apaixonado por jazz, mas que vive com um pai muito exigente, restrito, e que desaprova que ele pratique qualquer outra coisa que não seja música clássica. Isso não é spoiler. Tudo isso nos é apresentado nos primeiros minutos da série, e é por muitos episódios uma GRANDE parte da trama principal; mas assim que ela deixa de ser conveniente pros roteiristas, ela é simplesmente descartada sem qualquer conclusão.
E acredite, falta de conclusão é o que não falta nela toda. Constantemente você vai receber muitas informações que vão começar a ser desenvolvidas, jogadas pra debaixo do tapete e depois completamente esquecidas. E dá pra entender que isso pode ser pela falta de tempo, já que não é uma série muito longa, mas se você não tem tempo para desenvolver tantas coisas diferentes assim, você simplesmente NÃO introduz elas.
E isso sem falar da passada de pano que os tópicos mais sensíveis recebem. No fim todos eles se resolvem com um belo "desculpa" e acabou o problema. Desenvolvimento dos personagens? Não teve. Consequências pelas atitudes deles? Adivinha: também não teve. Coesão? UAU, que inesperado, TAMBÉM NÃO TEVE.
Por fim, é uma história que consegue te entreter e que tinha um bom potencial; mas que conseguiu falhar em quase tudo que ela se propôs.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Parasita : O Cinza
2 pessoas acharam esta resenha útil
de fer
2 dias atrás
6 of 6 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 9.0
Acting/Cast 9.0
Musical 9.0
Voltar a ver 9.0

Whether you like it or not, you are not alone.

Um drama muito bem dirigido e produzido, os 6 episódios passaram rapidinhos, gostei muito da trama, senti uma vibe de Sweet Home, em relação a protagonista. A amizade que se criou entre a Suin, a Heidi e o Kangwoo foi lindo de se ver.
Koo Kyo Hwan sempre fazendo thrillers incríveis.
Espero que tenha 2 temporada, com a Su In no time Grey.
Esta resenha foi útil para você?
Completados
Ama-me, Ama Minha Voz
1 pessoas acharam esta resenha útil
de fer
3 dias atrás
33 of 33 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.5
História 9.5
Acting/Cast 9.5
Musical 10
Voltar a ver 9.5

I love your voice.

Não é apenas um cdrama de romance moderno, é aconchegante e divertido, aprendi muito sobre dublagem, descobri que alguns dramas que assisti podem ter sido dublados e eu nem fazia ideia. Mesmo quando o casal já estava junto, mesmo sem um plot twist, vilões e reviravoltas, me fez ficar grudada querendo assistir mais e continuar acompanhando tudo.
Qiang Qing Ci e Sheng Sheng Man são o casal mais fofo que existe. Eu amei o fato do professor nunca ter negado interesse na prota desde o inicio, eles terem se apaixonado primeiro pelas suas vozes, eles demostrarem interesse romântico mutualmente desde a primeiro encontro.
Mo Qing Cheng é claramente um homem escrito por uma mulher, ele não tem um defeito sequer! Achei um pouco exagerado o cara ser médico, dublador, professor e cozinheiro sendo excelente em tudo isso, sabemos que homens reais nunca seriem bons assim em mais de uma coisa haha.
Os personagens secundários são todos maravilhosos, ri demais, os amigos tudo maria fifi, que amam provocar uns aos outros hahah
E a OST simplesmente PERFEITA!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Mundo Maravilhoso
1 pessoas acharam esta resenha útil
3 dias atrás
14 of 14 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 8.5
Musical 7.5
Voltar a ver 6.5

WAR LORD DOESN'T LIKE CHILDREN

Moral of the story: Kang Tae Ho will be the only one fully fulfilled emotionally and professionally, he will live a full and happy life.
The other characters will be eternally depressed and lonely, as if a piece was forever missing throughout their lives.
Kang Soo Ho did NOT deserve the ending given to him! Whoever thought the ending was wonderful... is mistaken, depressed and lonely lives.

Besides, it's about the stupidity of politics, in the drama it was fictional but we know that politics has its stupid side, it's about revenge, and forgiveness and the forgiveness part... the husband should be forgiven, the only one who actually had a slip-up seriously but he really DESERVES to be forgiven.

https://www.youtube.com/watch?v=QMYSiBnC52I (I put the link so you can think about it: who is the warlord today, which policy is being stupid)

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
To Be Continued
1 pessoas acharam esta resenha útil
3 dias atrás
8 of 8 episódios vistos
Completados 1
No geral 7.0
História 7.0
Acting/Cast 8.0
Musical 7.0
Voltar a ver 7.0
Esta resenha pode conter spoilers

Gostosinha de assistir, mas esquecível

Com uma trama simples e já apresentada inúmeras vezes em outras histórias BL, To Be Continued é uma série fácil e gostosa de assistir.

O problema, entretanto, é a forma como essa narrativa é conduzida. Eu confesso que a história do passado entre o Ji e o Achi é absurdamente mais interessante e emotiva do que o arco deles no presente. O maior problema que eu tive aqui é a forma como esses personagens continuam agindo e se comportando como adolescentes mesmo sendo adultos.

Eu sinto que há quase uma infantilização (leve, mas existente) dos personagens aqui para apelar para o público mais jovem que assiste a série. Diferente de Love is Better The Second Time Around que terminou recentemente, aqui você não sente que esses personagens são homens adultos em cargos importantes. O uso frequente de fantoches e pelúcias é um dos aspectos que me incomoda profundamente.

Mas para além disso, na trama presente, Ji e Achi não são exatamente personagens lá muito interessantes. O luto do Ji pela morte da mãe ou suas preocupações em ser um bom médico não me convencem e o Achi está ali. Ele é engraçado e carismático, mas não há muito sendo explorado no personagem.

Toda a falta de comunicação entre eles no presente é algo que realmente atrapalha a narrativa e deixa a trama cansativa. A série poderia ter explorado melhor a vida deles (principalmente o fato de ambos terem trabalhos que consomem muito tempo) ou a dificuldade em estar em um relacionamento com um idol e o preconceito da indústria ou ter que esconder o namoro e lidar com as fãs. Havia inúmeras possibilidades a serem exploradas ali e eu sinto que nada realmente ganha destaque.

O casal secundário e o casal de médicos recebem uma introdução, mas nunca realmente acontecem, o que me faz questionar o porquê a produção decidiu perder tempo mostrando algo que não tem um desenvolvido ou resolução no final.

De forma geral, a série tem momentos muito interessantes e cenas lindas e o passado deles carrega uma trama muito emotiva, mas eles falham em entregar uma trama divertida e apaixonante na história presente. Atores com ótima química e uma produção competente, certamente um ótimo BL para assistir sem grandes pretensões.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Hak Lay, My Lady
0 pessoas acharam esta resenha útil
3 dias atrás
17 of 17 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.5
História 9.0
Acting/Cast 10
Musical 9.0
Voltar a ver 10

Melhor lakorn que já assisti!

Estava com muita vontade de ver um lakorn esse final de semana e olhando as recomendações aqui apareceu esse e achei a sinopse interessante. Fui ver e foi a melhor decisão que tomei.
Fazia muito tempo que eu parei de ver lakorns já que todos que já tinha assistido (sem ser bls) os protagonistas e relacionamentos eram tóxico e deixavam a desejar.
Mas nesse o relacionamento deles é adorável e a química absurda (o mocinho é um poço de sensibilidade e muito chorão ksksksk já a protagonista é fria no início mas logo se torna adorável)
Lalin se tornou uma das minha protagonistas preferidas, a mulher era maravilhosa! Não abaixa a cabeça pra ninguém e se defendia e defendia as pessoas que amava como ninguém, porém ao mesmo tempo era totalmente sensível e frágil (gostei tanto dela) e a atuação da atriz foi sensacional.
A história é bem amarrada pra 17 episódios de uma hora e vinte cada (são vários acontecimentos ao mesmo tempo e vai tudo se revelando devagar e não de uma vez no final como vemos as vezes)
A única coisa que deixou a desejar pra mim, foi a falta de desenvolvimento do casal secundário, pois eles tinham uma boa química e um lindo enredo pra explorar (bem Romeu e Julieta ksksk) e não deram tanta atenção pra eles. Mas no geral é um drama maravilhoso e que vale muito a pena assistir <3

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Quando Eu Voo em Sua Direção
0 pessoas acharam esta resenha útil
3 dias atrás
24 of 24 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 10

Divertido, Romântico e Viciante :)

Fazia um tempinho que não maratonava um drama, e para minha surpresa acompanhar o desenvolvimento desse grupo de amigos desde o ensino médio até a vida adulta, me fez reviver esse tempo de terminar um dorama em um dia. Aqui vamos nos deparar um casal principal lindo, que traz um romance super fofo, leve e sem deixar de falar da trilha sonora que é maravilhosa, esse sem dúvidas é um cdrama para deixar o coração quentinho.

E o que falar dos amigos que são todos uns queridos, e de assistir sorrindo a lealdade e companheirismo deles, confesso que quando entraram na faculdade, sentir falta de acompanhar um pouco mais da rotina deles, pois o drama acaba focando na rotina dos protagonistas, mas nada tira o brilho e a leveza dessa história.

O que posso dizer é que temos um drama escolar gostoso de acompanhar, com personagens divertidos e apesar de ser escolar e bem maduro, eu dei risada, vibrei, me emocionei e terminei com gostinho de quero mais, então se tiver oportunidade confira, pois esse ele e incrível...!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Noiva por Vingança
0 pessoas acharam esta resenha útil
4 dias atrás
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 2.5
Esta resenha pode conter spoilers

Louco e satisfatório amor

Não assisti Até agora nenhum trabalho do ator Kim Jae Wook se desse errado ou que tivesse alguma crítica da minha parte da atuação dele e torço para que nunca isso aconteça apesar de ter em mente que ele é humano e um dia talvez vai ter algum trabalho dele que não me agrade Mas isso nunca aconteceu então é simplesmente maravilhoso.
O que eu mais gostei nesse drama foi que há um fundo de mistério e um crime no fundo para ser resolvido Então não fica só na comédia romântica ou até mesmo na mudança essa de atitude do personagem que foi transformada aos poucos com ódio/amor da secretária...tentante.
Por ela ser uma pessoa de mente aberta e o coração saudável e tentante é o que faz o personagem mudar e as coisas fluírem. Ela como muitas pessoas no planeta Terra apesar de ter suas vidas sofridas e abaladas e se sentirem dificuldades elas não transferem suas frustrações em outras pessoas e tem a característica básica de quando encontram alguém que as tiram do eixo elas tendem a serem compreensivas depois de um momento natural de raiva ou tristeza e fúria pessoas assim tem a capacidade de se colocar no lugar do outro com muito mais facilidade do que outras pessoas isso que as fazem diferentes de todo o resto que às vezes precisam levar um pouco mais de tempo para até mesmo perdoar, ou preciso de pontos de vista de pessoas que as influenciam para enxergarem coisas que estão embaixo do próprio nariz como fazerem uma mudança de opinião.
A mudança do cara arrogante parte da personagem feminina que um influencia a mudar porque mesmo no momento dela de Fúria e raiva ela não foi tão radical a ponto de realmente ferido e quando viu um perigo ela corre para ajudá-lo ali já mostra que ela é diferente.
Outro ponto que mostra aqui a mudança de atitude partiu dele mas que ela é um influenciou bastante é que diferente das outras secretárias que não suportaram todas as aflições da função de secretária daquela empresa horrível e desumana foi que ela usou isso como foco e usou isso como uma meta o que fez ela suportar um pouco mais ponto diferente do que outras pessoas falaram aqui que ela era trouxa ou que ela era uma pessoa degradante acredita que ela na verdade como muitos de nós é alguém que tenta vencer Barreiras, porém não indicam fazer isso a ponto que você perca a sua saúde, e não é certo a fazer isso, pois é só hoje tem que ser prioridade acima de qualquer trabalho, porque sem saúde sem sua vida, não tem dinheiro que pague não tem dinheiro que vale a pena!
Todos os personagens são maravilhosos e o desfechos de toda a Trama é simplesmente surpreendente quando Achei que poderia ter acabado no alguns Episódios iniciais a tramantes surpreende mostrando que é muito mais do que só um cara rançoso, muitas figurinhas na empresa, professores problemáticos, uma ex-namorada que surge, e um irmão que é muito amável a ponto de nem ter dado para desconfiar que ele poderia ser um potencial vilão.

Assistir a Trama agora em 2024 em alguns dias maratonando e realmente é entender a atenção do início ao fim não tenha não tem nenhuma cena para que você diga que elas uma cena para encher roteiro todas elas têm ligações umas com as outras e os diálogos são bem interessantes assim como todos os problemas de toda a história.

Eu realmente Amei Não trocaria nenhum personagem e ninguém do elenco ficou tudo perfeitinho e acabou realmente no time certo de 16 episódios. Quando eu tiver um tempinho eu vou reassisti-la porque realmente gostei muito.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Em andamento 10/12
I Feel You Linger in the Air: Uncut Version
0 pessoas acharam esta resenha útil
5 dias atrás
10 of 12 episódios vistos
Em andamento 0
No geral 10
História 9.0
Acting/Cast 9.0
Musical 9.0
Voltar a ver 9.5

Um BL tão bom que estou com dó de terminar

Comecei a ver esse BL por não ter mais nada pra assitir esse ano, e não esperava que fosse gostar tanto a ponto deu dropar porque estou com dó de terminar.
A química dos protagonista é surreal e a atuação é melhor do que da maioria dos bls que eu vejo.
Espero que os atores voltem a atuar juntos em um próximo projeto já que esse está sendo muito bom
Esta resenha foi útil para você?
Completados
O Herdeiro Impossível
0 pessoas acharam esta resenha útil
de Amy__
6 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 7.0
Acting/Cast 7.5
Musical 10
Voltar a ver 7.0
Esta resenha pode conter spoilers

Poderia ter sido melhor ? Com certeza! Mas o drama não é ruim.

Tenho uma relação de amor e ódio com esse drama kkkkk ele poderia ter sido muito melhor, mas na minha opinião pecaram em algumas coisinhas.
Não vou mentir que nos primeiros 2 episódios me apeguei ao fato dos protagonistas (In Ha e Tae Ho) fossem amigos e não iriam trair um ao outro, mas ao decorrer dos episódios vi que seria totalmente o contrário e AMEI isso. A história no geral é boa, mas a forma que desenvolveram deixou muito a desejar, e o ás foi o sentimentalismo "romântico" que colocaram na história que foi super desnecessário, junto com a protagonista feminina. Com toda certeza ela foi uma das protagonistas mais chatas e desnecessária dos dramas que já assisti, e terem a usado (e o fato dela ter tido um caso com o Tae Ho, que foi bem sem noção) como chantagem contra o Tae Ho foi muito ridículo. Foi tão ruim que nem sei oque dizer sobre. E sobre a atuação dela ? Nem tem muito oque dizer, ela totalmente sem expressão... Ela com a mesma cara em todas as cenas, ela feliz?️??️, triste ?️??️, desesperada/assustada ?️??️.... mas em compensação os meninos aturam muito bem, principalmente o Lee Jung Young, entregou tudo e muito mais. A cara expressão que o querido fazia dava gosto de olhar pra tela, simplesmente maravilhoso
??
Voltando a história, gostei muito do fato do In Ha não ter sido o trouxa da história (vários plots), mas ODIEI oque fizeram com o Tae Ho. Não gostei da vibe "mocinho justiceiro" no final, junto com aquela turminha dele... esperava que os dois jogassem sujo (já que o drama era sobre chegar ao poder a todo custo), não queria que o drama trouxesse a vibe "mocinho e vilão" disputando o poder, mas no final foi isso que entregaram.

E por favor Coreia, chega de meter romance nas histórias em que o romance não cabe, e principalmente façam protagonistas femininas fortes, que não precisem se envolver romanticamente com homens pra chega ao poder ou façam elas usando os caras e largando de mão quando chegarem ao objetivo delas. CHEGA de protagonistas chatas e desnecessárias. Ninguém aguenta mais!!!!!!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Parasita : O Cinza
1 pessoas acharam esta resenha útil
7 dias atrás
6 of 6 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.0
História 9.0
Acting/Cast 8.0
Musical 2.0
Voltar a ver 9.5
Esta resenha pode conter spoilers

Spin off Excelente

eu gosto muito do mangá e mais ainda do anime, e essa série foi incrível, me surpreendi. O protagonista masculino é espetacular e muito disso pela dublagem, que melhora pra caramba sua expressividade , normalmente eu não assisto animes doramas dublados, mas quando é boa a gente tem que prestigiar. A protagonista também é ótima, existem pequenos momentos que ela da uma fraquejada na atuação, mas nada que afete muito o desempenho da série. O cgi também não é limitação aqui.
O vilão por outro lado eu considero o mais fraco, sempre davam mais relevância para as suas cenas, mas o que eu senti vendo foi: "parabéns meu prefeito". essa obsessão por esse cargo público em especifico chega a ser cômica, a ponto dele já ter aparecido em público, todos já o haviam visto e mesmo assim o vilão desejava ser prefeito, quando o seu disfarce e intenções já estavam comprometidas, isso se dá porque precisavam encerrar a história ali naquele ponto de qualquer forma, o programado era 6 eps e entregaram isso.
O protagonista do anime e mangá aparece no final, e sim foi uma das melhores cenas, isso abre espaço para uma adaptação live action que preste do anime( não recomendo o filme) e mais ainda por uma possível continuação.

No geral gostei muito, foi divertido e me senti ansioso por cada episódio, adorei isso.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
O Eclipse
0 pessoas acharam esta resenha útil
7 dias atrás
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.5
História 8.0
Acting/Cast 10
Musical 8.5
Voltar a ver 9.0

Os maiorais!

( AVISO, comentei bastante sobre a personalidade dos personagens, talvez pra alguém que não viu ainda isso conte como spoiler, então cuidado! )
Já faz algumas semanas desde que vi The Eclipse pela primeira vez, genuinamente esqueci de fazer a review, mas é TÃO memorável que eu lembro muito bem tudo que achei sobre a história, sobre a atuação, e praticamente tudo que quero pontuar sobre e compartilhar aqui.
Já começo dizendo que eu me diverti bastante assistindo, muito gostosinho de ver, tanto por já gostar dos atores principais, tanto por eles continuarem honrando tudo de bom que é dito sobre as habilidades de atuação deles, a cada episódio que passava eu só queria descobrir mais e mais sobre as nuances dos personagens deles, sobre suas vidas, suas histórias, suas razões, e principalmente suas dores, que não são poucas.
Entrando mais nesse tópico, eu achei extremamente bonita a forma que o sofrimento de cada um deles foi representada, eu diria até que chegou bastante perto da realidade e isso é muito gratificante de se ver, e gostei ainda mais do jeito de comunicar ao mundo que sua dor é tão válida quanto todas as outras, e que você não se torna menos por senti-la.
"Você tem permissão para ser fraco, pelo menos comigo."
O drama retratou com sucesso a visão de uma pessoa sofrendo de uma depressão profunda pós perda, e como isso tem o poder de DESTRUIR alguém de dentro pra fora, vimos isso com o personagem Ayan, ele estava tão perdido na dor do luto e no pensamento de que ele precisava fazer algo sobre isso, ao ponto que suas ações se tornarem extremamente inconsequentes, sendo danosas até para ele mesmo durante esse processo. E com Akk, vimos PERFEITAMENTE como a mente de alguém que conseguiu uma oportunidade única de se provar funciona, ele já havia sofrido bastante anteriormente com a discriminação social, por ter vindo de interior, por ter menos condições, e isso fazia com que as pessoas se sentissem no direito de o menosprezar, então tudo que ele sentia a necessidade de fazer era agarrar essa chance e cuidar para que nunca perdesse ela, pois isso havia se tornado quem ele era, e não podia mais voltar atrás, juntando tudo isso com a pressão acadêmica, um perfeito robô que só sabia seguir estritamente as regras foi criado.
E então The Eclipse faz essas duas mentes turbulentas se chocarem, de fato como acontece em um eclipse, eles passam por uma longa trajetória repleta de medos, receios, e MUITO crescimento pessoal com a ajuda um do outro, a quantidade de apoio que vemos, a COMPREENSÃO é linda de se ver, e vemos como o amor tem realmente o poder de mudar as pessoas, de trazer o melhor nelas novamente.
Finalizo essa review dizendo que apesar do BL não ser o meu favorito de todos os tempos, ele com certeza entra na lista junto com os melhores que já vi, e vale MUITO a pena assistir, até tiro um pouco do meu tempo aqui pra parabenizar DE NOVO as habilidades dos atores principais, esse não é o primeiro papel emocionante que o First Kanaphan protagoniza, mas ele conseguiu DEVORAR esse roteiro com atuação e talento, e tenho que admitir, assistir homens chorando sempre mexeu comigo, e o First chora extremamente LINDO. Ademais, Khaotung Thanawat, este é outro que talento pra atuação é o que não falta, quero ressaltar até mesmo como os olhos dele são muito expressivos e adicionam bastante na hora de fazer cenas mais emocionantes, e acreditam, temos cenas incríveis assim de SOBRA em The Eclipse.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?

Discussões Recentes