Call It What You Want (2021) poster
7.1
Sua Avaliação: 0/10
Avaliações: 7.1/10 de 2,998 usuários
# de Fãs: 10,213
Resenhas: 31 usuários
Classificado #8684
Popularidade #1639
Fãs 2,998

Editar Tradução

  • Português (Brasil)
  • 中文(台灣)
  • English
  • magyar / magyar nyelv
  • País: Thailand
  • Tipo: Drama
  • Episódios: 6
  • Exibido: Abr 9, 2021 - Mai 7, 2021
  • Exibido em: Sexta
  • Duração: 32 min.
  • Pontuação: 7.1 (scored by 2,998 usuários)
  • Classificado: #8684
  • Popularidade: #1639
  • Classificação do Conteúdo: G - All Ages

Onde assistir Call It What You Want

WeTV
Grátis (sub)

Elenco e Créditos

Resenhas

Completados
Apaixonada por BL
0 pessoas acharam esta resenha útil
Jul 10, 2022
6 of 6 episódios vistos
Completados 0
No geral 10
História 10
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 10
Esta resenha pode conter spoilers

Hino faz assim!!!

Existem várias séries que independente de sua produção, roteiro, atuação, deixaram seu lugar marcado na história das séries BL por algum motivo. "Call it what you want" com certeza é uma dessas obras, que foi um tapa na cara não apenas da indústria que fabrica os BL's, mas também de uma parte tóxica dos fãs, que são a causa da indústria se comportar da maneira como se comporta. O diretor dessa série é Aam Anusorn Soisa-ngim, o mesmo diretor do documentário "BL: broken fantasy (fantasia quebrada)", que pelas suas obras deixa perceptível um lado militante, que não se conforma com os absurdos ocorridos por trás das câmeras.
Inicialmente, saibam que essa série é baseada em fatos reais, e só o fato de saber disso deveria ser um choque de consciência em muitas pessoas. A série mostra o lado negro, nada romantizado, do que os atores são obrigados a fazer e sofrer. Abusos sexuais, restrições alimentares em prol de um corpo perfeito, impossibilidade de gerir suas próprias redes sociais, fazerem coisas contra sua vontade para agradar patrocinadores, serem sumariamente proibidos de manter relações, de serem vistos com alguém que não seja seu ship, e muitos outros absurdos.
Na série, contada em 6 episódios de em média 25 minutos, tem uma bela fotografia e atuações excelentes, e a música tema é linda.
James era diretor de TV, mas não conhecia o mundo BL, e ficou chocado ao perceber os abusos sofridos pelos atores. Ait e ele se apaixonaram instantaneamente, mas ele logo percebeu que não seria tão fácil viver esse romance em paz, e enquanto isso Bas sofria por vários motivos que me deixaram devastada. A cena de Bas comendo o sanduíche e chorando partiu meu coração.
Antes de finalizar e citar os furos do roteiro, eu gostaria de fazer uma consideração:
Ait e Bas já tinham se beijado em cena, mas ele considerou seu beijo com James como o seu primeiro beijo. O beijo em cena não contou pra ele. O ator quando está atuando está trabalhando, e um artista deve saber separar seu mundo pessoal do seu personagem, caso contrário não existiriam atores que contracenaram com mais de um ship. Existem ships que trabalham juntos há anos, a exemplo de Off&Gun, Ohm&Fluke, mas durante esse período eles fizeram trabalhos paralelos com outros atores, e se seguem juntos, existem diversos fatores para isso, como amizade, cumplicidade, a rentabilidade do casal para potenciais patrocinadores e vários outras coisas. Se os atores conseguem separar o trabalho da vida pessoal, os fãs também deveriam fazer o mesmo, até porque, fã é alguém que ama, e quem ama não ama apenas sob determinadas circunstâncias.
Não quero dizer aqui que não existem relacionamentos (namoro, sexo) entre os casais BL's, até porque eles são humanos, e todos nós conhecemos casais de artistas que iniciaram seu relacionamento em cena, isso é algo normal, mas não é obrigatório! A paixão pode nascer de muitas maneiras, com certeza existem vários casais BL's que já ficaram, transaram, namoram, moram juntos, como também existem outros que se relacionam com alguém totalmente desconhecido do público, ou com o par de outro ship, ou alguém da produção como retratado nessa série, a maioria fica ou namora com mulheres, mas são forçados a aceitar determinadas condições por causa de fandons tóxicos que não aceitam que o ator pode e deve ter uma vida além das telas, que tacam hater em alguma amiga ou namorada do seu ídolo, que boicotam marcas e cancelam pessoas apenas por essas pessoas desejarem ter uma vida além de seu personagem.
Terminado esse desabafo, acho que todo fã de BL deveria ver essa série e entender do que ela se trata, e seu valor histórico e social, pois após essa série, outras séries iniciaram uma onda de críticas sociais em seu roteiro, seja sobre termos pejorativos (como esposa- sim, eu considero pejorativo!), sobre a necessidade do estereótipo de "ativo e passivo", sobre o fato de que existem relacionamentos onde os dois são ativos e passivos, contra o governo, e muitas outras.
A série termina com alguns furos, como o que acontece após a acusação contra Tee, qual a decisão de Bas sobre fazer a denúncia, como fica o relacionamento entre Bas e Marco, mas todas as perguntas são respondidas na segunda temporada desse hino.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
RainaSummers2002
39 pessoas acharam esta resenha útil
Mai 7, 2021
6 of 6 episódios vistos
Completados 2
No geral 7.5
História 7.0
Acting/Cast 8.5
Musical 6.0
Voltar a ver 6.0
Esta resenha pode conter spoilers

A Thai BL that wasn't problematic?

Michael's acting was phenomenal. He really portrayed Bas's character so well. The others were also good. Michael's acting just felt particularly real, so the others didn't stand out as much in comparison. Bas's story was simply heartbreaking. I felt awful for him. Tee was a despicable man. He broke Bas and deeply traumatized him. It made me want to cry. It must have been hard for him to keep it all to himself.

I really hoped to see more of Bas and Marco together. I assume there is going to be another season, though, for two reasons. First, the way it ended insinuated things weren't over. Second, there were scenes in the trailers for the series that didn't show up in the actual series. Scenes where Bas and Marco were more than friends. In this series, they didn't really bond until the final episode. So, they, of course, weren't at a point where they would be making out. I look forward to seeing more of them. They have such amazing potential.

I honestly didn't care that much about James. He was fine, I guess. I liked when he put those ignorant employees in their place, though. I mean, he straight-up fired one of them for being homophobic, as he should. Ait didn't bother me much, but he was a little annoying at times. Like in the final episode. He seriously thought being jealous of James and Marco when Bas was pouring his heart out was appropriate. That felt off to me. Also, he asked James whether he actually loved him. I don't think you should have to ask that. That seems like you have such little trust in your partner. He should stop doubting James all the time. James never showed any indication of having an interest in anyone else than Ait.

So, about the plot. I love the idea of "exposing" the BL industry, and they definitely took a much more serious approach than Lovely Writer. It was almost a bit too heavy for me, but it was probably also realistic. Either way, there is for sure so much shit going on behind the scenes. Not in all instances, but some, and it's so sad to think about. We need to remember BL actors are also people, so we should treat them as such. No forcing them to go on insane diets, no forcing them to get surgery, no robbing them of their freedom. Basically, let them have their basic human rights. Also, no fanservice unless they're completely comfortable with it. Let's not get too invested in relationships that most likely aren't real. It can be very damaging.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?

Recomendações

War of Y
Escritor Adorável
Present Perfect Part 2
Call It What You Want 2
BL Drama no Shuen ni Narimashita: Crank Up Hen

Detalhes

  • Drama: Call It What You Want
  • País: Tailândia
  • Episódios: 6
  • Exibido: Abr 9, 2021 - Mai 7, 2021
  • Exibido On: Sexta
  • Duração: 32 min.
  • Classificação do Conteúdo: G - Todas as Idades

Estatísticas

  • Pontuação: 7.1 (avaliado por 2,998 usuários)
  • Classificado: #8684
  • Popularidade: #1639
  • Fãs: 10,213

Principais Contribuidores

edições 38
edições 18
edições 11
edições 11

Listas populares

Listas relacionadas de usuários
BL / Gay (*Rated Order*)
652 titles 2836 loves 46
Thai BL Master List
691 titles 1572 loves 12

Assistido recentemente por