Ton Hon Chon Tee (2020) poster
6.9
Sua Avaliação: 0/10
Avaliações: 6.9/10 de 16,582 usuários
# de Fãs: 29,639
Resenhas: 164 usuários
Classificado #9563
Popularidade #474
Fãs 16,582

Chonlatee, um garoto tímido de bom coração, secretamente tem uma queda por Tonhon, o seu vizinho, desde que ele era criança. P'Ton sempre cuidou dele como se fossem irmãos de verdade. Mas Chonlatee só pode observar P'Ton e sua namorada de longe. Isso é até que a sorte o favoreça e P'Ton atualize seu status para solteiro. Chonlatee então decide mudar seu visual para conquistar o coração de P'Ton. A proximidade deles começa a se transformar em um vínculo mais profundo. P'Ton começa a ficar confuso sobre seus sentimentos. Sua boca continua dizendo que ele não pensa em Chonlatee dessa maneira, mas quando Chonlatee sai com outra pessoa, ele se sente inseguro. Ele não pode deixar de ser possessivo e preocupado com Chonlatee. E no meio disso tudo, sua ex-namorada, Amp, volta para complicar as coisas. Enquanto os fãs de Amp estão de olho nele. Como terminará o amor de Chonlatee e P'Ton? (Fonte: Inglês = OGTNAF no Twitter || Tradução = KSuuh em MyDramaList) ~~ Adaptado do romance "Tonhon Chonlatee" (ต้นหนชลธี) por Nathakorn (นทกร). Editar Tradução

  • Português (Brasil)
  • ภาษาไทย
  • Türkçe
  • Tiếng Việt
  • País: Thailand
  • Tipo: Drama
  • Episódios: 10
  • Exibido: Nov 13, 2020 - Jan 22, 2021
  • Exibido em: Sexta
  • Original Network: AIS Play GMM 25
  • Duração: 47 min.
  • Pontuação: 6.9 (scored by 16,582 usuários)
  • Classificado: #9563
  • Popularidade: #474
  • Classificação do Conteúdo: 15+ - Teens 15 or older

Onde assistir Ton Hon Chon Tee

GMMTV
Grátis (sub)

Elenco e Créditos

Resenhas

Completados
Andy
2 pessoas acharam esta resenha útil
Jan 24, 2021
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 3.0
História 3.0
Acting/Cast 8.0
Musical 5.0
Voltar a ver 4.0
A princípio o comecei por querer ver algo clichê e leve, por começar a ver bl a pouco decidi dar uma chance.
De cara gostei de Chon, sua personalidade e sua fofura, o Ton, é muito ambíguo, não o vi como homofobico, mas sim como alguém que cresceu aprendendo que tinha a obrigação de seguir os negócios da família e dar herdeiros aos pais, mas sua possessividade realmente era irritante.

Vendo o último capítulo, me fez pensar que ele podia ter um melhor aproveitamento e em resultado também ter um melhor desenvolvimento no romance. Como disse anteriormente, nunca o vi como homofobico, mas suas ações não têm sentido, pois parecia que havia dois enredos brigando entre si. O queriam homofobico ou ignorante? Os dois? No final, não souberam escolher nenhuma dessas alternativas. Confuso? Eu sei, foi como senti com essa "reviravolta” do final. Ele parecia sempre está cozinhando tudo no banho-maria. Nunca ia para trás ou para frente. Apenas nunca se dava uma chance, mas também não deixava Chon ter.

Ai, Ni e Miriam eram divertidos, às vezes me irritava com as ideias de tentar juntar Chon e Ton à força. Amei a amizade de Pang com Chon. Confesso que no começo Na me irritava por exibir sua riqueza, mas com o tempo descobri que era apenas uma fachada para ter amigos. Ele desde o início deixava claro seus sentimentos por Chon, sempre foi bom amigo para o mesmo e foi o único que não passou pano para Ton sobre suas atitudes. Com certeza meu personagem favorito.

No início estava feliz por não tratarem as mulheres como inimigas, mas daí surgiu a ex Amp, o que achei que seria um arco rápido virou algo arrastado que envolveu até plano de tentativa de estupro. Taí outra coisa que me incomodou, por que a falta de busca por justiça, foi esquecido como se não fosse um crime. Me pergunto se isso é algo recorrente dos BL.

Alguns pontos negativos ficaram com a forma machista de tratamento que o pai de Ton tratou as mulheres até o final, como se só servissem para gerar bebês, a demora no envolvimento do casal, só aconteceu no episódio oito, deve imaginar o quão corrido foi e precisava de um melhor desenvolvimento, aliás para o casal coadjuvante também.
O final é feliz, porém podia ser melhor, se tivesse focado só nas partes leves e fofas, sem truques, ex chata, e claramente uma tentativa de estupro. Com certeza teria sido melhor.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Apaixonada por BL
0 pessoas acharam esta resenha útil
Jul 17, 2023
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.5
História 8.0
Acting/Cast 10
Musical 2.0
Voltar a ver 4.0
Esta resenha pode conter spoilers

Depois do review, passei a gostar

Assisti essa série quando lançou, em 2020, e assisti super ansiosa por cada novo ep, já que a série foi muito aguardada. Confesso que na época me decepcionei bastante, não foi o que eu havia idealizado, e somado à isso, a crítica negativa sobre a história estava em todos os lugares, de forma absurda. Terminei, gostei do final, mas não foi uma das minhas preferidas. Agora, em 2023, decidi rever a série numa maratona, e como normalmente acontece, mudei totalmente de opinião sobre tudo. A crítica mais contundente na época do lançamento era sobre o personagem do Tonhom, que era homofóbico, e eu como parte da comunidade LGBT me senti bem chateada com esse personagem. Hoje vejo como fui infantil na verdade. As séries são histórias de ficção, mas que retratam coisas do cotidiano, e INFELIZMENTE a homofobia faz parte do nosso cotidiano, por mais triste que seja pensar e dizer isso! Entendi que a ideia da série, era mostrar a evolução do personagem, que no final de tudo virou um gado apaixonado do Chonlatee, que virou o jogo com gosto. Dito isso, vamos às minhas percepções.

O enredo da série é engraçado, e os atores fazem humor muito bem. Tem muitos clichês, e todos gostosinhos: o casal apaixonado desde criança, sendo que um aceita e o outro mente pra si mesmo, família homofóbica querendo herdeiro, ex- namorada surtada, amigos super do bem. Cada personagem tem sua história independente, e suas histórias todas se interligam entre si, fazendo a série ter coesão. Nai e Ai são "amigos" que em segredo são amantes, justamente por saberem que Tonhon é homofóbico, ou pelo menos demostra ser (essa parte precisa de uma explicação mais elaborada), isso foi algo que não gostei de início, achei um absurdo amigos viverem se escondendo de um outro amigo, era como se estivessem apoiando a homofobia deles. Mirian, que em sua primeira noite no bordel acaba conhecendo Ai e Nai e se salva de virar prostituta. Apesar de toda a carga de humor da personagem, não pude deixar de pensar que essa deve ser a realidade de milhares de garotas por aí, que por falta de dinheiro e oportunidade tem esse destino. Na, que de início eu excomunguei, mas depois entendi que ele tinha um coração enorme, e suas atitudes eram como uma defesa do mundo, que talvez não tivesse proporcionado a ele amigos de verdade, sem interesse em sua riqueza. A irmã de Tonhon, que graças a Deus era a lúcida da família, e seu problema no casamento, que confesso não saber se realmente existe tal transtorno, mas se existe, que bom que foi abordado. A ex de Tonhon que é o estereótipo criado e alimentado pelos BL's durante anos, da ex namorada raivosa. Não gosto desse clichê, e no caso dela ainda existia o agravante dela não amar ele de fato, tinha apenas interesse em seus bens. O amigo da ex, um cara totalmente sem escrúpulos, tenho um ponto positivo e outro negativo sobre a aparição desse personagem: O negativo, é que não percebi ninguém recorrendo à justiça depois que ele tentou ESTUPRAR Chon, isso é totalmente absurdo e super comum em BL'S, totalmente inaceitável. O positivo foi ver ele provar do veneno da amiga, quando percebeu que ela não agia por amor e era totalmente homofóbica, e ele como gay que era, sentiu na pele. Os pais de Tonhon que sinceramente, são a personificação da sociedade homofóbica! Ora, como queriam um filho de outra forma, se ao perceberem a orientação sexual do garoto a coibiram de forma que ele nem percebeu, de todas as formas possíveis? incutindo em sua mente durante toda a vida ideias machistas e preconceituosas? Além disso, o pai extremamente machista, parece achar que as mulheres são incubadoras, só servem para gerar filhos e pronto, não gostei da naturalização disso. Sobre Tonhom, é perceptível que ele não é homofóbico, ele finge pra si mesmo ser, e acaba externando isso para o mundo, como se estivesse o tempo todo em uma briga contra si mesmo, e que bom que ele perdeu a briga e se entregou ao amor. Achei fofo quando foi mostrado que ele sempre gostou de Chonlatee e percebeu os sentimentos dele, e que fez de tudo para tê-lo por perto, mesmo tentando fugir de sua sexualidade. Quanto à Nam, olhei e gritei: perfeita! Mãe exemplar, pessoa maravilhosa, melhor sogra e disposta a brigar com o mundo pelo seu filho, capaz de gritar e exigir respeito quanto à orientação sexual dele. Melhor pessoa!!! Talvez por isso, Chon, apesar de ser fofo e inocente, é forte como uma rocha, íntegro e não leva o desaforo pra casa, ele é morde e assopra na mesma proporção.

Sobre os aspectos técnicos, eu gostei da atuação, da fotografia, da ambientação, das locações, a única coisa que não gostei foi da ost!

Resumindo, depois de rever a série, mesmo admitindo que existem pontos negativos, com certeza passei a gostar mais dela, e com certeza recomendo!

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?

Recomendações

Escritor Adorável
Ai Long Nai
Ai Long Nai
TharnType: A série
Teoria do Amor
2gether: A Série

Detalhes

  • Drama: Ton Hon Chon Tee
  • País: Tailândia
  • Episódios: 10
  • Exibido: Nov 13, 2020 - Jan 22, 2021
  • Exibido On: Sexta
  • Original Network: AIS Play, GMM 25
  • Duração: 47 min.
  • Classificação do Conteúdo: 15+ - 15 anos ou mais

Estatísticas

  • Pontuação: 6.9 (avaliado por 16,582 usuários)
  • Classificado: #9563
  • Popularidade: #474
  • Fãs: 29,639

Principais Contribuidores

edições 45
edições 39
edições 38
edições 36

Notícias e artigos

Listas populares

Listas relacionadas de usuários
BL / Gay (*Rated Order*)
653 titles 2826 loves 46
Thai BL Master List
688 titles 1510 loves 11

Assistido recentemente por