Detalhes

  • Última vez online: 14 horas atrás
  • Gênero: Feminino
  • Localização:
  • Contribution Points: 16 LV1
  • Aniversário: April 13
  • Papéis:
  • Data de Admissão: janeiro 9, 2018
Completados
Amando, Nunca Esquecendo
1 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Nov 10, 2023
34 of 34 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 9.0
Musical 5.0
Voltar a ver 7.0

Melhor do que imaginei.

Sempre enrolei pra assistir porque achei que seria parecido com Le Jun Kai. Mas ai naquelas ressacas brabas onde nada prendia minha atenção e querendo assistir algo como Auntumn's Concerto acabei dando uma chance e pra minha surpresa, foi melhor do que imaginei que seria. Amei a relação da mãe e do filho, amei o fato dele nem lembrar dela direito, afinal foi um caso de uma noite só mesmo, amei como eles só foram se conhecer melhor depois do reencontro, amei como ele não era aquele cara puro e virginal de uns dramas ai e de maneira mais realista tinha uma vida amorosa com outra pessoa, amei o advogado gato, no geral foi um drama bem normal e até com aqueles clichês de sempre com uma sogra meio megera, um homem perfeito que também gosta da mocinha pra fechar o triangulo, uma outra mulher que gosta do mocinho, mas foi um clichê executado de uma maneira diferente e até mais realista se comprado com outros dramas e acho que isso que me fez gostar mais. Teve seus momentos em que o mocinho falava umas coisas feias pra mocinha, teve mas nada nível le junkai e mais no inicio quando eles ainda mal se conhecem. Enfim, é um cdrama diferente pra quem tá mais acostumado com web dramas chineses, é mais sério e realista, boas atuações e um elenco difícil de encontrar hoje.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Difícil de Encontrar
0 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Mai 15, 2024
28 of 28 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 7.0
Musical 8.0
Voltar a ver 7.0

Expectativa 0 experiência 1000!

no começo não estava gostando muito. mocinho maltratando a mocinha, triangulo que é algo que não aguento mais, e a mocinha era muito parada, passiva. mas tinha a questão da amnésia então segui porque pensei que talvez ela pudesse ter sido uma grande vilã ou algo assim e por isso ela é tão passiva agora. mas ai quando a memória volta e a gente descobre o que aconteceu, nossa. fiquei até me sentindo mal de ter achado ela inútil e parada, desculpa amor, fui injusta com você. todos os sacrifícios que ela fez pra poder salvar o marido e a filha. e tudo que aquele homem passou. agora até entendi como ele tratou ela no inicio, e a complexidade que os personagens tomaram depois, em especial ela. Sem spoiler mas enfim um drama que surpreende, principalmente se você não tiver nenhuma expectativa.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Árvore do céu
0 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Nov 7, 2023
10 of 10 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 7.0
Acting/Cast 8.0
Musical 8.0
Voltar a ver 2.0

Quem gosta de drama estará bem servido.

Aquele dramalhão clássico da coreia do inicio dos anos 2000. Se você já assistiu aquela quadrilogia das "estações" formada por autumn tale, winter sonata, summer scent e spring waltz, é basicamente a mesma coisa no quesito drama. Inclusive esse drama foi feito para alimentar os fãs do famoso ship que foi sem ter sido de stairway to heaven, já que os dois atores faziam a versão mirim da protagonista e do segundo protagonista masculino. Eu não vou dizer que amei porque esse tipo de drama nunca funcionou pra mim mas pra quem procura algo como os citados logo acima esse é um prato cheio, cheio de drama e lágrimas. É tudo bem dramático e quando você acha que as coisas vão melhorar, é só um prelúdio pro pior hahaha.
Dito isso, a química dos dois é bonitinha como já havia dado pra notar em stairway to heaven. Incrível que Pak Shin Hye ainda era de menor aqui, até talvez por isso não tenha nenhuma cena mais intima entre os dois, não que faça falta, já que o romance deles é algo mais forte e puro mesmo. Os dois lindos, atuações ok, músicas que grudam, nada a reclamar a não ser a forma invasiva que ele trata ela quando ela não quer admitir que gosta dele, mas talvez isso seja algo dos dramas dessa época mesmo, e tento justificar por ele ser um adolescente. ou talvez seja só uma repetição do que aconteceu no outro drama deles, afinal é um drama fanservice praticamente como já falei antes. Enfim, não amei porque não é meu copo de chá mas quem gosta de drama, estará muito bem servido.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Trick or Love
0 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Nov 5, 2023
40 of 40 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.0
História 6.0
Acting/Cast 9.0
Musical 9.0
Voltar a ver 2.0

Não é o melhor mas também não é o pior

Eu gostei. Não é o melhor mas também não é o pior.

Vale a pena pra quem quiser matar a saudade do casalzinho de behind your smile e ver eles em algo mais leve. Eugene ter cortado o cabelo de verdade também conta como um ponto positivo pra mim. A história é bem previsível então se você estiver esperando grandes reviravoltas ou surpresas esse drama não é pra você. Tudo que vai acontecer já fica bem óbvio desde o começo e a gente só vai seguindo. As atuações não preciso nem comentar, todos ótimos atores a ponto de dar até um aperto eles estarem um roteiro tão básico. Mas fazer o quê? As músicas gostei de todas, principalmente a da abertura e a que tocava durante os intervalos. Química entre os protagonistas também sem comentários, fofinhos. Espero sim um dia ver eles juntos de novo mas em roteiro mais sério que faça jus as habilidades de atuação dos dois. No demais é isso. Sem grandes problemas mas sem grandes destaques também. Se você quer um gender bender interessante vá ver Coffe Prince, se quiser algo mais intenso com eles vá ver Behind Your Smile, se só quer ver eles juntos de novo mesmo, assista esse aqui :D

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Amor e Decepção
0 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Mar 29, 2023
16 of 16 episódios vistos
Completados 0
No geral 7.5
História 7.0
Acting/Cast 8.0
Musical 8.0
Voltar a ver 4.0

Romance com amnésia e filho secreto, gosta?

não gostei muito do inicio. tiveram momentos e falas que me incomodaram um pouco, mas sabia que teríamos amnésia e filho secreto e são clichês que eu amo então segui. de fato, depois que baby Tan entra na história, ela fica muito melhor, boa parte por causa dele. vou só falar das coisas que gostei.

- amei que a mocinha sabia lutar e o mocinho também. era legal ver os dois brigando juntos.
- amei a relação entre pai e filho. amo como ele tentava ser um pai diferente do que o pai foi pra ele mas ao mesmo tempo lembrava do tipo de filho que ele foi e passou a amar e respeitar o pai dele a partir dessa relação. tem uma cena específica no episódio 14 que acho muito linda, sem spoiler, mas quem ver vai saber.
- sim, aqui também temos a típica vilã obcecada pelo mocinho presente em todo lakorn, mas é diferente. ela tem um trauma, e pasmem, ela procura ajuda de uma profissional! e isso é tratado de uma forma muito legal, explicativa, realista. mesmo ela passando do limite as vezes você entende o lado dela, torce pela recuperação dela.
- gostei da transformação do mocinho, antes do acidente ele era explosivo e agia sem pensar, depois ele se tornou um cara paciente e tranquilo, e isso levou a uma das minha coisas que mais gostei desse drama: (talvez um spoiler)
- não tem vingança! eu já até imaginando o slap kiss que isso iria virar depois que o mocinho recuperasse a memória, e descobrisse sobre o filho, mas não! no momento que ele descobriu simplesmente se reuniu com a esposa e vida que segue! mas não, o lakorn não termina ai tá. tem muito mais depois disso :D

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
Estigma Rosa
0 pessoas acharam esta resenha útil
de banana
Nov 5, 2023
24 of 24 episódios vistos
Completados 0
No geral 8.0
História 8.0
Acting/Cast 8.0
Musical 6.0
Voltar a ver 6.0
Esta resenha pode conter spoilers

Peat, eu amei odiar você!

A história é o típico lakorn de sempre com alguém querendo se vingar de um dito algoz descontando sua raiva na pessoa que ele mais ama, aqui no caso, na filha dele. E é nesse contexto que Peat decide casar com Kiew e ah Peat, como eu amei odiar você! No início do drama inclusive eu simpatizava com você, eu entendia porque você agia como agia. Afinal você cresceu em uma família desestruturada com um pai ausente e vendo a mãe sofrer com essa ausência, você via sua mãe chorar implorando pelo amor do seu pai, via ela gritando que seu pai amava outra mulher e que devia até ter uma amante. Assim quando sua mãe morre e esse seu pai que nunca nem foi visitá-la no hospital em menos de um mês já coloca outra mulher dentro da sua casa, é claro que entendi seu ódio, sua raiva, seus atos. Afinal seu pai nunca teve uma boa conversa com você, nunca prestou atenção em você e de repente estava ele sempre em casa e atendendo todas as vontades dessa outra mulher e da filha que ela trouxe com ela. Você com um pobre menino rico, indisciplinado, mimado, sem ter alguém para conversar sobre todas essas emoções fez a única coisa que sabia fazer, despejar sua raiva em um alvo. No inicio do lakorn eu super entendia porque você agia como agia e até sofria com você e seus atos exacerbados. Mas ai você foi para longe, o tempo passou e eu esperava que junto com os anos viesse a maturidade, afinal você não era mais um jovem recém saído da puberdade, agora você já era um jovem adulto recém formado, esperava eu que você agisse como tal, mas errada eu estava e ai começou a fase que eu adorei odiar você. Porque assim, sem mais nem menos Peat vê uma foto do pai com a irmã postiça e já deduz que a menina quer roubar seu lugar e sua herança e volta para casa querendo vingança! Um telefonema bastaria mas o que esperar de um mocinho de lakorn? hahaha E então Peat apaixonado mas fingindo que não, casa com Kiew e começa seu plano de vingança querendo que ela sofra simplesmente por ser filha do pai dela. Tem gente que reclama que a Kiew perdoou ele muito fácil e eu até concordo mas no trem desgovernado que esse drama foi, eu nem liguei pra isso. Ela gostava dele fazer o quê? E era da personalidade dele mesmo ser aquele birrentinho que jamais pediria desculpas pelo que fez. Ela conhece o embuste que ela ama. Tem um casal secundário que eu não liguei muito confesso, tem a "vilã" que gostava do Peat que acho que podia ter sido melhor desenvolvida, afinal ela meio que foi uma vítima dele também, já que ele dava corda pras ilusões dela, tem o menino que gostava dessa "vilã" que também acho que podiam ter desenvolvido melhor, tem o pai que achei muito lindo o ator, e tem a química maravilhosa desse casal principal problemático. No geral, pelo menos pra mim foi um drama que serviu para seu propósito, entreter. Quem ainda não viu, por favor, venha amar odiar o Peat também <3

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?