Trem (2020) poster
8.4
Sua Avaliação: 0/10
Avaliações: 8.4/10 de 8,227 usuários
# de Fãs: 21,470
Resenhas: 64 usuários
Classificado #851
Popularidade #727
Fãs 8,227

Um detetive incisivo que mergulha sem medo em seu trabalho, Seo Do Won é implacável quando se trata de levar criminosos à justiça. Com disposição para assumir qualquer caso, qualquer que seja a dificuldade, Do Won fez nome como alguém que cumpre com o seu trabalho. Mas, quando a mulher que ele ama se torna a mais nova vítima de um serial killer, seu mundo muda por completo. Literalmente. Misteriosamente capaz de transitar entre universos paralelos, Do Won agora vive em dois mundos, como um homem que deve pagar pelos pecados do pai em um, e como um homem forçado a viver uma vida precária devido a esses pecados no outro. Como se já não fosse bastante difícil ter que lidar com essa dualidade de vidas, ele logo percebe que sua amada pode ter falecido em um mundo, mas está bem viva no outro. Tendo jurado capturar o assassino dela em um universo, enquanto ao mesmo tempo tenta protegê-la no outro, Do Won rapidamente se dá conta de que não consegue fazer isso sozinho. Buscando a ajuda de seus colegas nos dois universos, Do Won pede auxílio para Han Seo Kyung, uma promotora honesta, porém reservada, com um grande coração em um mundo, e uma detetive fria e sem emoções no outro. Em conjunto com Lee Jung Mi, uma integrante obstinada da unidade de investigação científica, eles farão o que for preciso para encontrar o assassino em um mundo e proteger o amor dele no outro. Mas será que os esforços deles nos dois universos serão suficientes? (Fonte: Viki) Editar Tradução

  • Português (Brasil)
  • 한국어
  • Русский
  • Bahasa Indonesia
  • País: South Korea
  • Tipo: Drama
  • Episódios: 12
  • Exibido: Jul 11, 2020 - Ago 16, 2020
  • Exibido em: Sábado, Domingo
  • Original Network: OCN
  • Duração: 60 min.
  • Pontuação: 8.4 (scored by 8,227 usuários)
  • Classificado: #851
  • Popularidade: #727
  • Classificação do Conteúdo: 15+ - Teens 15 or older

Onde assistir Trem

iQIYI
Grátis (sub)
Viki
Grátis (sub)

Elenco e Créditos

Resenhas

Completados
Srta Jane
5 pessoas acharam esta resenha útil
Set 11, 2020
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 6.5
História 6.5
Acting/Cast 10
Musical 4.0
Voltar a ver 3.0
Esta resenha pode conter spoilers
Olha já faz algum tempo que terminei esse drama, mas até hoje não tinha conseguido expressar bem o que achei dele. Train pra mim foi um drama legal que me manteve interessada do inicio ao fim. Isso me fez acreditar que essa seria a primeira vez que eu entregaria o privilegiado lugar de favorito para algum drama da OCN, mas aos 45 min do segundo tempo, novamente algo impediu que isso acontecesse. Mas vamos por partes: primeiro contarei a minha história com a emissora e depois falarei sobre o drama propriamente dito.

◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌
MINHA HISTÓRIA COM A OCN
◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌

Não sou Stalker da emissora, não assisti todos os dramas dela e nem pretendo(devo dizer). Todas as vezes que fui assistir algum drama não só dessa emissora como de qualquer outra foram inconscientes. Como assim?

Gosto de me guiar pela sinopse e algumas outras coisas, mas nunca me importo com a emissora que faz o drama. Acho que depois de 2 anos assistindo doramas sem que isso tivesse mudado, já posso dizer que duvido que isso mudará algum dia. Já acho que levo muita coisa em consideração antes de começar algum drama, então que sou feliz não me importando com isso...

Mas no caso dessa emissora em particular, percebi que algo sempre se repete quando me aventuro a assistir alguns de seus dramas: o incomodo com a fotografia muito escura e cansativa, e a decepção com os ditos finais revolucionários. O que quero dizer com isso?

Tenho um sério problema com os finais dos dramas que essa emissora entrega. Até começo animada, as sinopses são chamativas, as histórias interessantes, o elenco é muito bem pensado. Sempre sinto que eles tem o dom de trazer uma cara de mega produção para qualquer drama que resolvam fazer.

No entanto, salvo raras exceções, o mesmo problema sempre se repete na reta final. E mais uma vez lá estou eu decepcionada ou revoltada com o desfecho da história.

As viradas mirabolantes no roteiro na reta final do drama me incomodam absurdamente. Sou do time que acredita que "menos é mais" e sempre sinto que erram feio na dose quando tentam entregar algo revolucionário demais. No final das contas mais parece que de tanto tentar se diferenciar das outras emissoras, acabaram criando um padrão de desfecho clichê que sempre sei que acontecerá na OCN.

Veja bem, não tenho problema nenhum com suspenses, ou com finais inesperados, ser surpreendida com algo é geralmente bom. A sensação de ter pensado que sabia de algo quando na verdade não era bem assim não me incomoda nenhum pouco.

O maior problema no caso dessa emissora é que sempre sinto que qualquer outro final seria melhor do que aquilo. É como se tivessem forçando a barra para fazer certas coisas acontecerem nos episódios finais para te pegar desprevenido, mas não conseguem me agradar. E com TRAIN não foi diferente.

Eu poderia continuar falando sobre o assunto por um bom tempo, mas acho que já conseguiram entender a ideia geral, então vamos falar do drama em si.

◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌
O QUE ACHEI DE TRAIN?
◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌ ◌

O gênero que mais tenho fugido esse ano é fantasia, porque durante todos esses meses do ano não estive na vibe. No entanto, estava precisando de uma espécie de mudança de ares e decidi me aventurar com Train.

Apesar de termos um enredo que passeia entre uma realidade e outra, não fiquei confusa sobre a história. Fizeram um belo trabalho no desenvolvimento da trama para que isso não acontecesse.

Não temos aqui uma OST de peso, sequer tivemos algum destaque para a música, então não tenho nada a dizer sobre isso.

Eu já era fã do ator Yoon Shi Yoon e acompanhava os trabalhos dele há algum tempo, mas devo dizer que ele me surpreendeu positivamente aqui. Isso porque, diferente de seus dramas anteriores esse era um papel mais sério que exigiu algo a mais dele em termos de atuação. Coisa que ele fez tão bem que fiquei impressionada.

O ritmo desse drama foi muito bom e conseguiu me manter animada pelo que viria a seguir durante todos os episódios o que já é uma grande vantagem em relação a outros tantos dramas que começo e tenho que me arrastar pra conseguir terminar. Além disso, tenho que destacar que justamente por se tratar de um drama com uma quantidade reduzida de episódios, a todo momento temos a sensação de que as coisas acontecem muito rápido na história.

Nunca um guarda chuvas teve tanta importância em uma historia quanto aqui. Brincadeiras a parte, levantei o assunto porque foi justamente em um dia chuvoso em um ponto de ônibus que os destinos de ambos protagonistas se desviaram para rumos opostos criando duas linhas do tempo paralelas.

E a história toda gira em torno desse pormenores que fizeram com que o rumo de suas vidas fosse totalmente diferentes, além é claro de descobrirmos quem era o serial killer que matava em um universo e desovava os corpos em outro para que não fosse pego.

Mesmo que seja uma ficção, isso te faz pensar no poder que cada uma das decisões que tomamos diariamente. Já parou pra pensar o que teria acontecido com você se tivesse decidido virar sair uma hora depois daquele lugar?

Enfim, a história segue seu curso natural e quando finalmente pensei que no final minha novela com a OCN teria um final feliz. Mais uma vez me vi insatisfeita com os acontecimentos do último capítulo.

Além de sentir que o plot veio tarde demais. As revelações do final nos fazem crer que a troca de realidades nunca terá fim é como se um cachorro estivesse sempre correndo atrás de seu próprio rabo.

Todos nós sabemos que isso não dará em nada. E é justamente essa a sensação que fica a respeito do protagonista, não importa quanto ele tente mudar seu próprio destino, mais parece que pular naquele trem não fez nenhum sentido porque não lhe trouxe um resultado diferente.

Não foi um drama ruim, mas de dramas medianos minha lista já esta cheia. Para mim esse drama sempre representará uma viagem única. Aquela que você só faz uma vez na vida e nunca mais quer repetir.

Tinha muito potencial ali, mas é uma pena que tenha terminado assim, o plot em um momento errado só aumentou a sensação de algo terminado as pressas...

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?
Completados
TaeChim
1 pessoas acharam esta resenha útil
Ago 25, 2020
12 of 12 episódios vistos
Completados 0
No geral 9.5
História 9.0
Acting/Cast 10
Musical 10
Voltar a ver 8.0
Esta resenha pode conter spoilers
(Só leia se já terminou de ver, tem spoilers :3)

Como eu poderia descrever esse drama?

Foi envolvente do começo ao fim, eu costumo ter um apreço já marcado pelos dramas da OCN, toda a aura de suas produções, desde a personalidade dos personagens, aos plots sombrios e a sinceridade da maldade humana, são todos pontos perfeitos para mim.

Um segundo fator determinante que me fez assistir foi a presença do Yoon Shi Yoon, sou apaixonada por ele, alem de sua atuação ser sempre excelente. (E sim, já te adianto que mais uma vez ele me surpreendeu com seu talento).

Train conseguiu me manter curiosa para saber como seria o final, e qual seria a história que eles estavam tentando nos contar.

Primeiramente, em qual mundo Do Won deveria ficar? Podemos pensar que ele se transportou para o Mundo B no momento mais desesperador de sua vida, com a morte da sua pessoa amada, lembrando que a relação para com ela era literalmente sua única razão de viver, como citado diversas vezes por ele. Ele era policial além disso, talvez sua ambição de proteger a Seo Kyung tenha o feito escolher esta profissão pautada em proteger os outros, e ao se ver no impasse de descobrir diversos corpos sem obter uma solução tenha feito o clímax de seu desespero ser ainda maior. É aí então que acontece a passagem entre mundos. Pelo desespero de querer mudar o que seria irreparável.

No novo mundo tudo parece igual até certo ponto, diversas versões finais de um mesmo molde. E é daí que vem a reflexão sobre o preço de nossas escolhas e seu posterior Efeito Borboleta. Para o destino dos principais, uma sombrinha mudou tudo, pelo menos é o que eles nos fazem acreditar no começo. Depois percebemos que a intenção dos dois Dowon sempre foram as mesmas, um abrindo mão da própria sombrinha para a menina que cativou o seu olhar, enquanto o Dowon do Mundo B preferia dar a ela uma segunda que possuía, sem abrir mão de sua própria. Paralelamente podemos ver isso também em suas próprias escolhas futuras, com Dowon do Mundo A abrindo mão de sua carreira na Academia de Polícia, enquanto o outro não tinha obrigações para com ninguém e entrou na Academia.

Os personagens principais representaram bem o seu título, enquanto os secundários eram bem como NPCs, não determinando realmente uma mudança significativa entre os mundos.

Analisando-se o final, em minha mera opinião, podemos perceber que por mais que tanto nosso personagem principal quanto nossa querida, e louca, chefe, queriam desesperadamente mudar um fato terrível de suas vidas, não podemos fugir do destino, ele parece te acompanhar em todos os mundos que você tenta fugir. O final ficou em aberto, a interpretação vai do que você achar melhor. Para mim, Dowon tentou se matar a fim de preservar a vida de sua amada, o sentimento desesperador estava ali de novo em seu coração, o que gerou o aparecimento do trem para outro mundo, um terceiro mundo que nós não sabemos muito, mas que vemos que lá Dowon é agora o chefe, ou seja, não encontramos a presença da nossa querida mãe insana. Será que aqui ela encontrou uma forma de salvar a si e seu filho, talvez pela forma mais simples, não abandonando a criança, fazendo com que ela cresça sem amor e de forma ressentida?

Na última cena temos Dowon se encontrando com Seo Kyung, uma cena linda e conclusiva de que realmente não podemos fugir de nossos destinos, estando eles sempre destinados a se encontrar não importando em que parte do universo eles estejam. Para mim, talvez aquela Seo Kyung não seja a do Mundo B, talvez uma outra de outro Mundo não apresentado na história, que assim como nosso Dowon viveu tudo aquilo para descobrir o peso das decisões e como elas, às vezes, só nos mostram que a simplicidade da vida é aceitar as mudanças e fazer o melhor para aqueles que amamos enquanto ainda podemos, respeitando o fim daquilo que mais amamos.

Leia Mais

Esta resenha foi útil para você?

Recomendações

O Rei: Monarca Eterno
O Rei: Monarca Eterno
Bem-vindo à Vida
Life on Mars
Túnel
Nine: Nove Vezes Viajante do Tempo

Detalhes

  • Drama: Trem
  • País: Coreia do Sul
  • Episódios: 12
  • Exibido: Jul 11, 2020 - Ago 16, 2020
  • Exibido On: Sábado, Domingo
  • Original Network: OCN
  • Duração: 60 min.
  • Classificação do Conteúdo: 15+ - 15 anos ou mais

Estatísticas

  • Pontuação: 8.4 (avaliado por 8,227 usuários)
  • Classificado: #851
  • Popularidade: #727
  • Fãs: 21,470

Principais Contribuidores

edições 315
edições 91
edições 74
edições 43

Notícias e artigos

Listas populares

Listas relacionadas de usuários
Short KDrama
2101 titles 441 loves 15
Nail Biters & Whodunits
400 titles 361 loves
Teams & Partners
191 titles 174 loves

Assistido recentemente por