Concluídos/Assistidos em 2024

Lista com os dramas que assisti/conclui no ano de 2024 e um pequeno comentário/resenha do que achei de cada um deles.

DayanaCosta Jan 2, 2024
30 Titles Love
0% Watched
Denunciar
Sort By: Author's Order
DayanaCosta's Rating
Your Rating
  • A Noite Chegou

    1. A Noite Chegou

    Korean Drama - 2023, 12 episodes

    7.5

    Onde assisti: Viki

    Lançado em: 04/12/23 a 21/12/2023

    Quando assisti/conclui: 02/01/2024

    O que achei:

    Night Has Come é mais um drama escolar que aborda algo que descrevo como "violência de revanche contra agressores que  fazem bullying". Tema aliás bem recorrente nos dramas coreanos nos últimos tempos, aliado a outro tema que se tornou bem popular com alguns dramas famosos: "jogos de sobrevivência". 

    No começo pode parecer que o tema principal do drama é apenas o jogo de sobrevivência. Um grupo de adolescentes saindo em uma viagem de excursão acabam preços numa área designada de onde não podem escapar sob o risco de serem mortos das formas mais cruéis e são obrigados a jogar "máfia". O resultado: mortes bem violentas e adolescentes mostrando seu lado mais cruel quando colocados diante de situações extremas. Conforme o jogo vai avançando descobrimos a existência da anfitriã, um "fantasma", que foi vítima de bullying por seus colegas de turma. 

    A revelação final sobre o verdadeiro anfitrião e a motivação do jogo, apesar de plausível para o contexto do drama, foi também insano demais. Gostei da cena final "em aberto" porque deixa para a imaginação do expectador entender o que aconteceu. Ao mesmo tempo que é um final definitivo também deixa aberto a possibilidade de mais uma temporada. 

    Gostaria de destacar ainda que Night Has Come não é um drama para qualquer um assistir. As mortes são extremamente gráficas e desconfortáveis de ver. Mas confesso que as mortes ocorridas no episódio 8 foram as únicas que assisti com satisfação.

    Resenha completa aqui.

  • Dever Após a Escola

    2. Dever Após a Escola

    Korean Drama - 2023, 6 episodes

    8.0

    Onde assisti: Viki

    Lançamento: 31/03/2023

    Quando assisti/conclui: 06/01/2024

    O que achei:

    Duty After School estava na minha lista para assistir desde o lançamento no ano passado, mas acabei postergando por não estar na vibe para assistir drama apocalíptico e, confesso, pelos comentários negativos que se seguiram ao lançamento dos episódios. Pois bem, esse começo de ano resolvi dar uma chance para o drama e fui surpreendida positivamente.

    Primeiramente gostaria de destacar os atores que interpretam os adolescentes na trama. Todos conseguiram convencer em seus papeis. Gostei bastante da forma como os personagens foram escritos, pois realmente se comportam como adolescentes deveria se comportar, especialmente em uma situação de caos apocalítico e de serem transformados em recrutas da noite para o dia em troca de créditos para entrar na universidade. 

    Como todo ser humano em situação de perigo eles são testados, alguns são mimados, outros egoístas, outros altruístas, alguns covardes, outros surpreendente justos. Mas o mais importante é que eles constroem um laço de amizade e lealdade ao longo dos episódios que é bonito de ver. Quando menos percebemos estamos apegados ao personagens, mesmo aqueles que julgamos mais chatinhos. 

    Apesar de toda a tensão do enredo do drama, gosto do alívio cômico que ocorre ao longo dos episódios. Dar algumas risadas e aliviar o clima tenso é um equilíbrio importante depois de tanta tensão.

    O episódio final dessa primeira parte é emocionante e impactante. Acho que poderia acabar aqui com o extermínio geral das esferas. Porém ainda temos mais 4 episódios na segunda parte. Sinceramente espero que a segunda parte não seja tão ruim quanto apontam as resenhas. Mas vou assistir e tirar minhas próprias conclusões.    

      

  • A História do Contrato de Casamento de Park

    3. A História do Contrato de Casamento de Park

    Korean Drama - 2023, 12 episodes

    7.5

    Onde assisti: Viki

    Lançado em: 24/11/2023 a 06/01/2024

    Quando assisti/conclui: 06/01/2024

    O que achei:

    A História do Contrato de Casamento de Park começa muito bem. Comecei a assistir despretensiosamente, sem muitas expectativas e simplesmente me apaixonei. Na primeira metade do drama eu passava a semana ansiosa pelos próximos episódios. Porém, a partir da segunda metade todo o charme do drama acaba sendo um pouco eclipsado pelo plot de mistério e as intenções traiçoeiras do avô do protagonista, da CEO Min e do secretário dela. A partir daí eu já não esperava ansiosa pelo episódios, continuei a ver pelas migalhas das interações entre os protagonistas. Os atores que deram vida a Park Yun Woo e Kang Tae Ha tiveram uma química maravilhosa de assistir, não por acaso eles ganharam o prêmio de fim de ano de melhor casal pela MBC, prêmio merecido. 

    Mas apesar da química dos protagonistas, a segunda metade do drama foi bem arrastada. O final foi satisfatório. Podemos dizer um "final feliz", contudo não posso deixar de dizer que fiquei com pena do  Kang Tae Ha do passado, tadinho. Mesmo tendo sobrevivido a emboscada da madrasta, acabou perdendo o grande amor de sua vida para ele mesmo do futuro rs.

    Gostaria que os roteiristas esquecessem essa necessidade de colocar plot de mistério em drama de romance. As vezes só um bom romance é suficiente para cativar a audiência. Mas hoje em dia parece que é obrigatório inserir um mistério, muitas vezes desnecessário, e que acaba deixando a história chata.   

  • Solteiros, Ilhados e Desesperados 3

    4. Solteiros, Ilhados e Desesperados 3

    Korean TV Show - 2023, 11 episodes

    6.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançado em: 12/12/2023 a 09/01/2024

    Quando assisti/conclui: 09/01/2024

    O que achei:

    Amo e odeio assistir reality de namoro coreano. Gosto de ver especialmente o primeiro episódio onde todos se encontram e como vão formando casais, porém ao mesmo tempo odeio quando vejo as mesmas cenas se repetindo do cara sempre escolhendo aquele padrão coreano de mulher e deixando outras mulheres incríveis de lado. 

    Mas falando especificamente da terceira temporada de Single Inferno, minha maior fonte de raiva foi o participante Lee Gwan Hee e seu ego enorme. Nada mais irritante do que uma pessoa que fica pedindo validação a cada dois segundos, e pior, que não sabe o que quer! Eu o detestei menos 33% (risos irônicos) porque no final ele se humanizou um pouco e tomou uma decisão baseada no sentimento e não na superficialidade. Ironicamente o primeiro participante de Single Inferno que não optou pelo óbvio.

    Outro participante que me irritou muito foi o Ha Bin. O que essa criatura foi fazer num reality de namoro? Figuração?! Estavam em falta de participante e contrataram ele pra fazer uma figuração? Só pode ser isso! Foi lá só pra fazer figura de bonito, mas o que adianta ser bonito e não conseguir manter um diálogo com mais de duas frases coerentes? Coitada da Hajeong que gastou o convite do paraíso dela com essa planta imprestável. 

     E finalmente tenho que exaltar a diva da temporada: Choi Hye Seon. Desde o momento que ela entrou na ilha eu sabia que seria a minha favorita. Não decepcionou em nenhum momento. Espero que ela seja feliz, apesar da mala sem alça que ela arrumou de namorado (se tiverem continuado juntos).

    Resenha completa aqui.

  • Hospital Playlist

    5. Hospital Playlist

    Korean Drama - 2020, 12 episodes

    8.5

    Onde assisti: Netflix

    Lançado em: 12/03/2020 a 28/05/2020

    Quando assisti/conclui: 17/01/2024

    O que achei:

    Depois de bastante tempo, finalmente decidi dar uma nova chance a Hospital Playlist. Já havia tentando assistir em outro momento mas não consegui passar do primeiro episódio. Desta vez, motivada pelo lançamento do sping-off anunciado para este ano, e também por ter assistido Dr. Romantic ano passado e ter amado, decidi que era hora de dar uma nova chance.

    Desta vez consegui passar do primeiro episódio, que ainda continuo achando entediante, mas os personagens vão crescendo narrativamente conforme os episódios vão passado e quando você menos espera está apegada ao grupo de amigos médicos que possuem uma banda, onde tocam para aliviar o estresse do trabalho física e mentalmente exaustivo que eles exercem. 

    Direi  que o melhor de Hospital Playlist é a relação de amizade desses grupo de médicos e como eles se apoiam incondicionalmente. Realmente a história de uma amizade inspiradora. Inclusive, até preferia que não houvesse interesse amoroso dentro do grupo de amigos. Mas veremos como isso é desenvolvido na segunda temporada.

    Aliás, não sei com foi para as pessoas que acompanharam na época do lançamento ter de esperar 1 ano para saber a resolução desses fatos. O episódio final da primeira temporada é tão inconclusivo que não chega a parecer um final de temporada, parece mais um episódio regular semanal. Eu teria ficado frustrada tendo que esperar um ano para saber o que aconteceria com as personagens. 

    Resenha completa aqui.  

  • A Herdeira

    6. A Herdeira

    Korean Drama - 2024, 6 episodes

    7.5

    Onde assisti: Netflix

    Lançado em: 19/01/2024

    Quando assisti/conclui: 23/01/2024

    O que achei:

    Gostei muito da atmosfera de suspense do drama construída pela trilha sonora sempre bem colocada, do mistério em torno da herança familiar sinistra (um cemitério) e da tensão dos relacionamentos familiares, tanto dos irmãos herdeiros do terreno, quanto do detive e seu filho.

    Até o quarto episódio (ou meados do quinto) o mistério e a tensão dos episódios vai nos deixando numa expectativa angustiante. Afinal quem está por trás dos assassinatos e qual o significado daqueles rituais xamanicos? Quando finalmente é revelado a natureza das relações  desviantes que resultaram na atual disputa familiar pela herança, por mais compatível e coerente que seja para as circunstâncias ali apresentadas, parece que essa revelação desfez totalmente a atmosfera de suspense e a partir daí o drama se transforma num caso de família. Não sei, acho que minha expectativa era de que a resolução caminhasse mais para uma esfera do fanatismo religioso, do sobrenatural mesmo. Além disso, sempre fico frustrada quando o perpetrador dos atos criminosos tem o "final fácil" e não sofre as consequências da lei. Mas gostei de como a Yoon Seo Ha  lidou com a herança familiar no final.

    No geral, acho que foi um drama competente dentro do que se propõe. Conseguiu me deixar interessada até final e, apesar de algumas ressalvas, recomendo a quem gosta do gênero suspense.

  • Passeio na Primavera Azul

    7. Passeio na Primavera Azul

    Japanese Drama - 2023, 8 episodes

    9.0

    Onde assisti: Viki

    Lançado em: 22/09/2023 a 10/11/2023

    Quando assisti/conclui: 15/02/2024

    O que achei:

    Gostei da adaptação. Algumas cenas foram modificadas no contexto, mas mantiveram a essência. Também gostei que alguns aspectos mais "machistas" e desnecessário foram amenizados na adaptação. No geral gostei.

  • Em Ruínas

    8. Em Ruínas

    Korean Movie - 2024

    6.5

    Onde assisti: Netflix

    Lançado em: 26/01/2024

    Quando assisti/conclui: 17/02/2024

    O que achei:

    Um filme pós-apocalíptico bem clichê com cenas de ação e muito gore.

    Após um terremoto que colapsou o mundo (do filme), sobreviventes tentam viver em condições precárias devido a escassez de recursos. Grupos violentos raptam pessoas jovem e um grupo, tal qual uma seita religiosa, também está a procura de pessoas jovens prometendo a suas famílias o paraíso em meio ao caos.  Mas a verdade por trás desse "paraíso" são experimentos de um cientista louco que busca trazer de volta a vida sua filha morta. 

    Para assistir a este filme é preciso ter muita suspensão de descrença porque há muitas coisas absurdas no enredo, por exemplo, nosso protagonista não é apenas bom de briga, ele também tem uma força acima da média que me levou a questionar se ele também tinha alguma espécie de mutação. Além de um grupo de três pessoas terem conseguido derrotar um exército teoricamente bem organizado e armado. 

    Mas gostei que a protagonista feminina, a adolescente que foi levada ao completo dos apartamentos, não era uma garotinha bobinha esperando para ser resgatada. Claro, o grupo foi resgatá-la, mas não se deixou enganar totalmente pelas faltas promessas e conseguiu resistir até onde era possível aos experimentos do cientista. 

    Um filme para passar tempo, se você gosta de ação, umas boas cenas de lutas e muito gore. Mas não espere muito além disso.  

  • A Flor Guerreira

    9. A Flor Guerreira

    Korean Drama - 2024, 12 episodes

    10

    Onde assisti: kocowa Brasil

    Lançado em: 12/01/2024 a 17/02/2024

    Quando assisti/conclui: 19/02/2024

    O que achei:

    Comecei a assistir esse drama sem qualquer expectativa, mas já fui cativada desde o primeiro episódio!

    O drama colocou em destaque a difícil vida das mulheres viúvas do período que se passa o drama. Elas não podiam sair de casa, deviam passar seus dias em lamentações, jejuns severos e até incitadas ao suicídio pela família do morto para que os mesmo ganhassem reconhecimento social pela virtude da nora. 

    No caso de nossa protagonista, mesmo nunca tendo conhecido o marido é obrigada a viver desta forma. O que a mantém viva é a esperança de reencontrar o irmão, sua única família e quem lhe ensinou artes marciais. Com as habilidades aprendidas com o irmão, a noite ela sai as ruas para ajudar aos podres, uma espécie de Robin Hood. 

    Em suas saídas noturnas ela acaba esbarrando no jovem oficial recém chegado a capital. Ambos combatem o crime à sua maneira e acabam construindo uma relação de parceria. Com o passar do tempo fica evidente um interesse amoroso crescendo entre eles, porém não é o foco principal da história. 

    Gostei bastante do drama. Achei o enredo bem cativante e interessante até o final. Todos os personagens eram carismáticos, e em nenhum momento o drama caiu na monotonia, sempre manteve o ritmo e teve um final satisfatório. Recomendo!   

    Resenha completa aqui.

  • Uma Loja Para Assassinos

    10. Uma Loja Para Assassinos

    Korean Drama - 2024, 8 episodes

    6.5

    Onde assisti: Star+

    Lançamento: 17/01/2024 a 07/02/2024

    Quando assisti/conclui: 23/02/2024

    O que achei:

    A Shop for Killeré um daqueles dramas que dei "play" pelo simples fato do protagonista ser o Lee Dong Wook. O enredo do drama parecia instigante, mas a execução deixou muito a desejar. Faltou carisma a sobrinha do Jeong Jin Man e só segui assistindo por um curiosidade mórbida sobre como a história se encerraria. 

    A forma como o diretor decidiu iniciar a história, com a "merda sendo atirada no ventilador", na minha opinião, não ajudou muito a criar uma conexão com as personagem. Confesso que só lá pelo episódio 5 comecei a me importar de fato com os rumos da histórias, ou com a vida de alguns personagens. Mas mais pela história do Jeong Jin Man do que pela sobrinha. No geral os personagem são todos insuportavelmente odiosos, com exceção da Minhye, do Pasin e do próprio Jeong Jin Man. 

    E apesar da morte de um certo personagem não ter me convencido desde o início, aquela cena final foi bem anticlímax diante de tudo que ocorreu momentos antes. Mas um final que deixa aberto a possibilidade de uma continuação.

    Recomendaria apenas para pessoas que gostam de assistir muitas explosões, mortes violentas e não se importam tanto com verossimilhança, pois a história em sim não tem muito a acrescentar. 

  • O Assassino e o Brinquedo

    11. O Assassino e o Brinquedo

    Korean Drama - 2024, 8 episodes

    7.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento: 09/02/2024

    Quando assisti/conclui: 25/02/2024

    O que achei:

    A Killer Paradox é mais uma história de assassino em série cujas vítimas são também criminosos. Esse tipo de enredo em geral faz o expectador simpatizar com o assassino em vez do policial que tenta prendê-lo, porém algumas características desagradáveis do Lee Tang me fizeram no inicio torcer para o policial prendê-lo o mais rápido possível, apesar de suas vítimas serem criminosos horríveis. Mas quando entrou em cena o segundo assassino, Song Cho, passei a torcer para que Lee Tang saísse ileso de tudo. No final ele era só mesmo marionete do Roh Bin e talvez tivesse parado, se não fosse incentivado a cometer crimes pelo Roh Bin.

    Lee Tang estava lendo "Crime e Castigo" do Dostoiévski que conta a história de Raskólnikov, um homem que acaba matando duas mulheres, uma agiota e a irmã dela, e não sente nenhum arrependimento, na verdade ele se preocupa em ser descoberto, mas não se sente remorso porque considerou justa sua ação. É curioso que Lee Tang estivesse lendo este livro, pois assim como Raskólnikov, Lee Tang também não sente remorso pelo crimes, especialmente depois que descobre que suas vítimas eram criminosos. A sua única preocupação é ser preso pelos crimes. E mais curioso que Roh Bin tenha guardado este livro no cofre, pois temia ser uma prova contra Lee Tang. 

    O final foi satisfatório e encerra o arco narrativo proposto, mas também deixa margem para uma continuação. No geral é um drama com bastante suspense e investigação. Recomendo para quem gosta do gênero.

  • A Esposa do Meu Marido

    12. A Esposa do Meu Marido

    Korean Drama - 2024, 16 episodes

    7.0

    Onde assisti: Prime Video

    Lançamento: 01/01/2024 a 20/02/2024

    Quando assisti/conclui: 28/02/2024

    O que achei:

    Marry My Husband começou muito bem. Apesar de eu estar preparada preparada para não gostar, pois a premissa lembrava muito o drama "Perfect Marriage Revenge", drama que não curti tanto. Mas fui surpreendida positivamente nos primeiro episódios. 

    Marry My Husband estava bem mais interessante e as cenas da vingança dos primeiros episódios foram de lavar a alma. Porém, a partir do episódio 10 a qualidade dos episódios começou a cair.  Os vilões quase sempre encontrando novas formas de continuar infernizando a vida dos protagonista e o pior de tudo, uma ex-noiva, saída do magma mais profundo do inferno, entra em cena para tornar tudo ainda mais enervante. Como se ter Soomi e Mihwan como antagonistas já não fosse suficiente, a Ji Won ainda teve que lidar com uma ex-noiva psicopata. As cenas de "lavagem da alma" com as vinganças foram substituídas por cenas e mais cenas de vilões tramando contra os mocinhos. Sinceramente é muito masoquismo. 

    Com relação a atuação dos atores. Apesar de achar o ator protagonista muito bonito (já achava isso desde Mr. Queen) aquela constante expressão de dor, acaba tirando a emoção da cena. Parecia que ele estava com dor de barriga o tempo todo, não conseguia levar a sério. Já o ator que fez o vilão, Mihwan, foi muito bem. O personagem dele é odiável, mas ainda assim é engraçado. O ator é ótimo com a comédia, então é um pouco conflitante rir com ele e ao mesmo tempo sentir raiva. Mas quando era para deixar com raiva ele atuava com perfeição. Ótimo ver que ele pode bem mais do que apenas fazer rir. E a atriz que fez a amiga da onça Soomin também deu show de atuação. 

  • Nosso Triângulo Amoroso

    13. Nosso Triângulo Amoroso

    Korean Drama - 2024, 10 episodes

    7.0

    Onde assisti: Viki

    Lançamento: 30/01/2024 a 01/03/2024

    Quando assisti/conclui: 02/03/2024

    O que achei:

  • Parasita : O Cinza

    14. Parasita : O Cinza

    Korean Drama - 2024, 6 episodes

    7.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento: 05/04/2024

    Quando assisti/conclui: 07/04/2024

    O que achei:

    Parasyte: The Gray é uma versão coreana do mangá de Hitoshi Iwaaki. Embora eu não tenha lido a obra original e também não tenha assistido a adaptação para anime, pelo que pude ver do drama e a sinopse do mangá, a versão coreana adaptou a ideia geral da chegada dos parasitas e fez sua própria versão da história de como ocorreram os eventos na Coreia. No universo onde a história se passa as duas versões, japonesa e coreana, coexistem e a cena final do drama nos confirma isso. Aliás, essa cena foi a mais legal do drama. Jung Soo In, nossa protagonista, cuja mente não foi consumida pelo parasita em seu corpo, mas estabelece uma coabitação com ele e é chamada de mutante pelos outros, não é a única com essa habilidade no mundo e é aí que as duas versões colidem dando abertura para um crossover numa possível continuação da história. 

    No geral é um drama de ficção científica bom, mantém o(a) espectador(a) interessado no próximo episódio. Porém, a atuação da protagonista achei um pouco blasé quando Heidi (o parasita) assumia o corpo dela. Mas talvez a ideia seja essa mesmo visto que os parasitas não conseguem imitar emoções humanas.  

    De toda forma gostaria de ver uma parte 2 do drama com os dois universos se encontrando.

  • Médicos em Colapso

    15. Médicos em Colapso

    Korean Drama - 2024, 16 episodes

    8.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento: 27/01/2024 a 17/03/2024

    Quando assisti/conclui: 26/0/2024

    O que achei:

    Doctor Slumpe é uma comédia romântica com muito momentos fofos e situação ridículas para o expectador dar risada, como é de praxe no gênero. Também tem aquele mistério (que parece obrigatório no roteiro dos dramas coreanos de romance nos últimos tempos), mas o que se destacou para mim foi  forma como o tema da depressão foi abordado. Ouso dizer que foi de forma realista. Inclusive a cena da Ha Neul com a mãe dela. Infelizmente muitas pessoas consideram a depressão "frescura" e que a pessoa não tem motivos para estar se sentindo assim. Do ponto de vista da mãe, que sempre teve a filha como forte, com certeza não foi fácil vê-la vulnerável, mas ao mesmo tempo foi bonito acompanhar a mudança de atitude da mãe. Gostei como ela foi entendendo a necessidade da filha de procurar tratamento e a apoiando à sua maneira. Depressão é assunto sério e precisa de tratamento e apoio familiar. É ótimo ver cada vez o tema da saúde mental ser abordado nos dramas coreanos sem preconceito e a terapia sendo apontada como um caminho possível.    

    No final é bonito ver Ha Neul aprendendo a equilibrar os vários aspectos de sua vida e falando o que realmente pensa e não deixando as pessoas passarem por cima dela.  E  Yeo Jeong Woo, escolhendo uma clínica mais modesta e sabendo que também tem amigos verdadeiros que pode contar também nos momentos de crise.

    Resenha completa aqui.

  • Corajosa Cidadã

    16. Corajosa Cidadã

    Korean Movie - 2023

    5.5

    Onde assisti: Talefunsub

    Lançamento: 25/10/2023

    Quando assisti/conclui: 20/05/2023

    O que achei:

    Cada vez que assisto uma produção coreana com o tema bullying fico horrorizada com as cenas de violência, especialmente quando as autoridades escolares são omissas.

    Assim como o filme pode ser revoltante e desesperador nas cenas de bullying também é catártico quando nossa heroína está descendo a porrada no valentão da escola. Mas apesar disso, acho que o filme peca um pouco no exagero das situações. Especialmente nos momentos finais no ringue de boxe. Não pela luta em si, mas pelo falto daquilo estar acontecendo dentro da escola com o aval do diretor e os professores assistindo. É necessário muita suspensão de descrença para aceitar essas premissas hiperbólicas do filme.

    Além disso, Lee Jun Young como adolescente não convenceu. Obviamente ele interpretou um pessoa desprezível de forma brilhante, mas não convenceu como um adolescente desprezível. Não é uma crítica a atuação dele, mas a inadequação ao personagem. Ele é jovem, mas não tem mais cara de adolescente e ao lado da Shin Hye Sun, que fez professora, ele parecia muito mais um cara da mesma faixa etária dela do que um aluno e confesso que isso pesou um pouco para minha imersão na história.  

    Enfim, um filme para passar raiva e com alguns momentos catárticos e algumas boas cenas de luta. No final vemos uma certa sinalização de esperança quando pessoas envolvidas nas agressões decidem romper o silêncio e denunciar como a professora ensinava nas aulas de ética. Mas sinceramente não acho que acrescente muito ao tema, já vi outras produções melhores nesse sentindo.

    Resenha completa aqui.

       

  • Hospital Playlist 2

    17. Hospital Playlist 2

    Korean Drama - 2021, 12 episodes

    8.5

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento:  17/06/2021 a 16/09/2021

    Quando assisti/conclui: 03/05/2024

    O que achei:

    Nesta segunda temporada continuamos a acompanhar os amigos médicos em suas jornadas profissionais e seus percalços nas vidas pessoais. 

    Narrativamente pouca coisa avançou na história pessoal deles, na verdade, houveram alguns retrocessos no caso do Jun Wan e Ik Soon. O namoro que parecia sólido e bem resolvido mesmo com ela indo estudar fora acabou afundando do nada e só volta aos bons termos no episódios finais. O curioso é que, com exceção do Ik Jun, ninguém fica sabendo do namoro deles.  

    Também não temos muitos avanços com relação a Song Hwa e Ik Jun. Só praticamente no episódio final da segunda temporada é que o pedido de namoro (feito lá na primeira temporada) é respondido positivamente pela Song Hwa.

    Em termos de avanços, mas a passos de tartarugas temos Jung Won e Gyeo Wool. Não tiveram necessariamente um avanço pois o namoro continua em segredo e nenhuma proposta de casamento foi feita (ele até que tentou), mas pelo menos não tivemos retrocessos nesse caso.

    E finalmente Suk Hyung e Min Ha (a Chuchu rs). E finalmente mesmo! Suk Hyung consegue se declarar e o namoro foi firmado. 

    Minha impressão final é que nada acontece em Hospital Playlist, mas acontece muita coisa. São episódios bem longos. Mas a maioria das cenas são casos de pacientes, as relações pessoais no trabalho e eventualmente os amigos que reúnem para tocar juntos ao final de cada episódio. Apesar disso, ou talvez por isso, gosto de Hospital Playlist.   

  • Barganha

    18. Barganha

    Korean Drama - 2022, 6 episodes

    8.0

    Onde assisti: Paramount+

    Lançamento: 28/10/2022 a 04/11/2022

    Quando assisti/conclui: 04/05/2024

    O que achei:

    Estava a procura de algo para ver e decidi testar este drama e foi uma grata surpresa. Realmente não sabia nada sobre  o enredo, cheguei sem expectativas e gostei. É um drama bem doido, mas que acaba prendendo a atenção e por serem episódios curtos você acaba vendo tudo de uma vez só. 

    O primeiro episódio é incrivelmente viciante porque é um encadeamento de eventos inesperados que te prendem do inicio ao fim.  O jogo de câmeras faz parecer que você está acompanhando os personagens de perto e é muito imersivo. 

    Apesar do tema pesado que o drama aborda, é também muito cômico. Eu dei muitas risadas porque não tinha como levar a sério o "policial" Hyung Soo com aquela cuequinha vermelha e botas laranjas e sem nenhum pingo de instinto de sobrevivência. Só de lembrar já começo a rir. Sem contar o Geuk Ryul, obcecado em conseguir o rim do  Hyung Soo, e sua condição "imortal" porque não é possível que o cara tenha sobrevivido a tantos maus-tratos, mas sempre reaparecendo do "nada" de volta a ação. E, claro, temos a Joo Young , a garota que não dá pra confiar, mas leva todo mundo no papo. Muito boa a atuação da Jeon Jong Seo. Amei ela neste papel.

    Um drama de sobrevivência muito louco e muito cômico. Realmente não se leva a sério e isso é ótimo também. Espero realmente que façam a segundo temporada. Quero saber o que aguarda esses três malucos nesse mundo apocalítico que eles encontraram depois de sair do prédio.  

  • Takagi: A Mestra das Pegadinhas

    19. Takagi: A Mestra das Pegadinhas

    Japanese Drama - 2024, 8 episodes

    8.0

    Onde assisti: Netlix

    Lançamento: 26/03/2024 a 06/05/2024

    Quando assisti/conclui: 06/05/2024

    O que achei: 

    O drama é uma adaptação em live action do mangá "Takagi, a mestra das pegadinhas" de Sōichirō Yamamoto (traduzido em português pela editora Panini - completo em 17 volumes). Também há uma adaptação em anime (12 episódios). Não li o mangá, mas cheguei a ver uns 2 episódios do anime e não gostei, realmente não era o público alvo para aquela adaptação.

    Mas com o lançamento da versão em live action resolvi dar uma segunda chance a obra e foi uma grata surpresa. Achei a direção da história em live action mais contida, sem aquelas ações exageradas próprias dos animes e isso tornou as situações e as reações das personagens mais realistas.

     O drama é  um misto de nostalgia e amor juvenil. A descoberta do primeiro amor e a insegurança de confessar os sentimentos para a pessoa amada, o amor platônico. Mesmo que você já não seja o público alvo do drama, creio que todo mundo já se sentiu assim na adolescência e por isso é fácil se identificar com as personagens em nossas próprias versões juvenis do passado.  

    É um drama muito fofo sobre primeiro amor e amizade. O fato dos atores serem realmente adolescentes trasborda uma inocência juvenil que torna tudo mais verossímil.  

    Para quem gosta de assistir dramas escolares, este pode ser uma boa escolha. Nada de dramas exagerados, apenas o dia de Takagi e Nishikata na escola descobrindo o primeiro amor. Estou curiosa para assistir o reencontro de Takagi e Nishikata adultos no filme que está para estrear em breve. Espero que a Netflix também traga o filme para o catálogo.

  • Desgraça ao Seu Dispor

    20. Desgraça ao Seu Dispor

    Korean Drama - 2021, 16 episodes

    7.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento: 10/05/2021 a 29/06/2021

    Quando assisti/conclui: 12/05/2024

    O que achei: 

    Levei uma eternidade para concluir este drama. Não exatamente pela história ser ruim, mas por trazer o tema da morte eminente da protagonista. A finitude, apesar de fazer parte da vida não é um tema que encaramos com leveza, encaramos sempre com pesar, especialmente se você pessoalmente lidou com a perda de uma pessoa próxima para o câncer.

    Apesar de no fundo saber que de alguma forma mágica/sobrenatural a protagonista seria curada, passamos o drama todo com ela lidando com a morte eminente, se despedindo das pessoas e se apaixonando pela "Desgraça".

    No final, como previa, a protagonista consegue sobreviver graças ao sacrifício da Desgraça. E graças a este sacrifício,  ele recebe como dadiva se tornar humano e viver o seu amor.  É bonito, considerando as circunstâncias em que os dois se conheceram, ambos querendo acabar com o mundo. É um drama lento, mas com final satisfatório. 

    Com relação aos personagens secundários, sinceramente, achei bem chatinha a história do triângulo amoroso entre a amiga da protagonistas e os dois amigos. 

  • Diva à Deriva

    21. Diva à Deriva

    Korean Drama - 2023, 12 episodes

    8.0

    Onde assisti: Netflix (com a Mãe)

    Lançamento: 28/10/2023 a 03/12/2023

    Quando assisti/conclui: 12/05/2024

    O que achei:

    Mok Ha é uma jovem aspirante a cantora que sonha em ganhar um concurso musical, conhecer sua ídola Ran Joo e ir embora da casa de seu pai abusivo. Em sua jornada para atingir seus objetivos ela pede ajuda ao seu colega de classe Ki Ho com as filmagens de seu vídeo para a inscrição no concurso. A princípio Ki Ho não está muito interessado em ajudar, porém depois de descobrir que ele e Mok Ha têm um objetivo em comum, fugir do pai abusivo, ele passa a ajudá-la como se fosse a ele mesmo. Porém o plano de fuga dos adolescentes acaba sendo frustrado e Mok Ha desaparece no mar. 

    Por ter estado na ilha durante esse período Mok Ha é bem ingênua, não no sentido de ser boba, mas de não ter sido corrompida pela desesperança da vida adulta. Ela sempre acredita no melhor das pessoas e para as pessoas. Sua personalidade otimista e sua lealdade as pessoas torna ela adorável. Torcemos muito para que ela finalmente alcance seu sonho de se tornar cantora aos 30 anos idade, algo bem incomum, ainda mais na indústria de entretenimento coreana. 

    Gostei do drama no geral, gostei das personagens, especialmente da Mok Ha. Torci muito pela estreia dela como cantora. 

    Sobre o final que algumas pessoas acharam enigmático sugerindo que ela nunca saiu da ilha e tudo foi um grande sonho dela. Não acredito nessa teoria, pois apesar de na ilha ela ter tempo de sobra pra pensar, acho que seria uma "fantasia" muito elaborada para ser apenas imaginação. Acredito mais que aquelas imagens dela na ilha com o SOS cantando é o videoclipe da música dela.  

    Comentário completo aqui

  • Os Casamenteiros

    22. Os Casamenteiros

    Korean Drama - 2023, 16 episodes

    8.0

    Onde assisti: Viki (com a Ane)

    Lançamento: 30/10/2023 a 25/12/2023

    Quando assisti/conclui: 23/05/2024

    O que achei:

    Grande parte do enredo do drama gira em torno do casamento das chamada solteironas, mas sempre com intrigas políticas rolando por debaixo dos panos. Ao final de várias peripécias a dupla de casamenteiros tem sucesso e conseguem realizar o casamento das irmãs de uma maneira satisfatória não apenas para os interesses deles, mas também das irmãs. 

    O mais insano na história do casamento das irmãs é que a irmã mais velha (de 24 anos) acaba casando com o filho do rei de apenas 14 anos. Do ponto de vista histórico, é óbvio que havia casamentos com enormes diferenças de idade, mas do ponto de vista do nosso olhar contemporâneo não deixa de espantar. 

    É claro que os nossos protagonistas também se apaixonam, porém um amor proibido visto que o estado de viuvez não permite que eles se casem novamente. Mas com algumas reviravoltas no estilo Romeu e Julieta, porém com final feliz, nossos protagonistas conseguem passaporte para viver seu amor sem empecilhos sociais.  

    Para finalizar, gostaria de destacar que achei interessante que a grande vilã e cérebro por trás de praticamente todas as intrigas políticas era a sogra e matriarca da família da protagonista. Porém quando ela descobre que a morte de seu filho amado (o filho mais velho) foi orquestrada pelo próprio marido ela usa sua inteligência e influência para dar fim em todos os responsáveis pelos seus infortúnios de forma brilhante. Uma grande protagonista. 

    Resenha completa aqui.

  • Adorável Corredora

    23. Adorável Corredora

    Korean Drama - 2024, 16 episodes

    10

    Onde assisti: Viki

    Lançamento: 08/04/2024 a 28/05/2024

    Quando assisti/conclui: 28/05/2024

    O que achei:

    Lovely Runner foi um sucesso do início ao fim! Um drama que consegue trabalhar bem o romance, o drama, a comédia e até a subtrama de suspense funciona bem como apoio a história principal. Tudo encaixado perfeitamente para produzir o melhor drama do ano (até o momento).

     Tudo começa com a morte trágica do idol Seon Jae e sua grande fã, Im Sol, que magicamente volta ao passado usando um relógio de Seon Jae com a missão de impedir os acontecimentos trágicos do futuro.  O que no início parece ser apenas uma relação fã-idol acaba se revelando algo mais pessoal. Seon Jae e Im Sol são vizinhos de porta e Seon Jae é completamente apaixonado por ela. De alguma forma um casal destinado a fica junto custe o que custar.

    Im Sol e Seon Jae se amam de forma genuína. Eles se sacrificam um pelo outro na tentativa salvar um ao outro. Nós como espectadores torcemos muito para o tão esperado final feliz. Um encerramento do loop de retornos ao passado com uma mudança positiva no futuro de ambos e o roteiro entrega tudo que o espectador deseja.

    Além do fato dos personagens terem sido escritos de forma totalmente apaixonante, a química inegável do atores tornou tudo ainda mais cativante. Os personagens secundários também foram maravilhosos. O tempo de comédia dos pais dos protagonistas me arrancou muitas boas risadas, sem falar no Tae Sung, o melhor segundo protagonista de todos! Devemos a ele o final feliz dos protagonistas.

     A trilha sonora do drama também é maravilhosa, não por acaso as músicas do drama entraram nas paradas de sucesso coreanas.  Recomendo!

  • Drama Special Season 14: Heat Wave Advisory

    24. Drama Special Season 14: Heat Wave Advisory

    Korean Special - 2023, 1 episode

    10

    Onde assisti: Kocowa Brasil

    Lançamento: 11/11/2023

    Quando assisti/conclui: 28/05/2024

    O que achei:

    Este é o episódio 5 da 14ª Temporada de Especiais de Drama da KBS (2023). Nesse especial acompanhamos a história de um adolescente que se muda para a casa dos tios em Daegu no verão de 2002, no período da copa do mundo. 

    Yi Jun está se mudando para  a casa dos tios para que seu pai possa trabalhar sem maiores preocupações. Ele acabou de perder a mãe e a vida que conhecia, seus amigos, sua escola e o basquete. Como se isso não bastasse, ele não tem uma recepção muito calorosa, nem de seus tios e nem de seus colegas da nova escola. Eles vivem fazendo piada com o sotaque do garoto de Seul.

    Conforme os dias vão passando Yi Jun vai se aproximando de Yeo Reum e graças a amizade dela, ele ganha confiança para convencer o diretor do colégio e o rival, Ji Wook, a formar um time de basquete na escola. 

    Com o passar do tempo, a raiva a o sentimento de injustiça pela mudança vão sendo transformados. Na escola, os colegas vão reconhecendo Yi Jun como pertencente ao lugar, assim como a tia dele também começa a se mostrar afetuosa. 

    Gostei bastante do que vi neste especial. É uma história com um clima de nostalgia, de adolescentes sendo adolescentes, e de amadurecimento. Realmente uma jornada satisfatória de acompanhar. Recomendadíssimo para quem como eu adora um drama escolar com clima de nostalgia e amadurecimento das personagens! 

  • Drama Special Season 14: We Were There

    25. Drama Special Season 14: We Were There

    Korean Special - 2023, 1 episode

    8.0

    Onde assisti: Kocowa Brasil

    Lançamento: 04/11/2023

    Quando assisti/conclui: 28/05/2024

    O que achei:

    O enredo do episódio 4 do especial de dramas da KBS (2023) é o bullying escolar. Mais uma vez um grupo de garotas escolhem um alvo para direcionar as mais perversas agressões físicas e psicológicas. E de repetente um garoto da sala começa a receber mensagens e vídeos das agressões com dicas para ajudar a vítima. Ele sempre acaba ajudando, porém um tanto irritado e intrigado por ele ser a pessoa que recebe as dicas. 

    Certo dia ele decide descobrir quem está enviando as mensagens e para sua surpresa as mensagens estão vindo de uma garota que também está envolvida nas ações de bullying. Após confrontá-la decide não mais se envolver no assunto.  Porém um evento trágico acontece e ao procurar mais uma vez a garota que enviava as mensagem de ajuda, ela finalmente revela porque ele era a pessoa que recebia as mensagens. Ela incialmente mandou mensagem para todos na sala, porém ele foi o único que respondeu e foi ajudar. A garota que enviava as mensagem havia sido vítima de bullying no colégio anterior e para evitar ser vítima novamente era uma participante silenciosa do grupo de agressoras.

    Acho que a grande mensagem do especial é que mesmo que você não cometa agressões, mas permanece em silêncio assistindo o sofrimento dos outros, acaba sendo tão responsável quanto aqueles que praticam as violências. A garota das mensagens era tão responsável como todos da sala, todos viam e sabiam do bullying mas apenas uma pessoa na sala se incomodou ao ponto de responder a mensagem. 

    Gostei bastante da forma como a crítica foi abordada. Você também pode ser cúmplice, se assiste as agressões em silêncio por medo de envolver. 

  • Um Homem Sem Filtros

    26. Um Homem Sem Filtros

    Korean Drama - 2024, 12 episodes

    5.0

    Onde assisti: Netflix

    Lançamento: 01/05/2024 a 06/06/2024

    Quando assisti/conclui: 13/06/2024

    O que achei:

    O drama conta a história de um homem, Song Ki Beak,  que se acostumou a contar mentiras para sobreviver. Enquanto engole todos os sapos possíveis ele mantém um sorriso no rosto . Graças a isso ele consegue alcançar a sonhada posição de âncora de telejornal, porém ele vê tudo isso ir por água a baixo quando sofre um acidente e descobre que não consegue mais mentir. Agora ele fala tudo o que pensa das pessoas e apenas a presença da roteirista de programas de entretenimento, On Woo Joo, é capaz de desligar o interruptor da verdade.

    O drama começa muito engraçado. A condição excêntrica de Song Ki Beak rende algumas boas cenas engraçadas. Porém conforme o drama avança parece que vai se perdendo na proposta. Apesar de concordar com o final que encaminha o protagonista para aprender a viver de forma mais honesta com ele mesmo , sem precisar recorrer a mentiras e a se aceitar como ele é. Acho que o acidente com a família foi desnecessário. Ele poderia ter chegado a essa conclusão sem isso, aliás ele já estava. 

    A história como romance também não caminhou bem. Não sei se foi a falta de química entre os protagonistas, mas eu não poderia me importar menos com o romance deles. Inclusive é um tipo de drama que funcionária bem melhor sem esse romance. Se eles fossem apenas amigos seria mais interessante, sinceramente. 

    Enfim, começa promissor mas se perde ao longo do caminho. Realmente é possível dar algumas risadas no começo, mas não é uma jornada que vale a pena insistir.

  • Temporada Especial de Drama 13: Dezenove Lontras Marinhas

    27. Temporada Especial de Drama 13: Dezenove Lontras Marinhas

    Korean Special - 2022, 1 episode

    9.0

    Onde assisti: Kocowa Brasil

    Lançamento:  07/12/2022

    Quando assisti/conclui: 14/06/2024

    O que achei:

  • Drama Especial Temporada 13: Prisma

    28. Drama Especial Temporada 13: Prisma

    Korean Special - 2022, 1 episode

    7.5

    Onde assisti: Kocowa Brasil

    Lançamento:  01/12/2022

    Quando assisti/conclui: 14/06/2024

    O que achei:

  • Drama Special Season 14: Confession Attack

    29. Drama Special Season 14: Confession Attack

    Korean Special - 2023, 1 episode

    8.5

    Onde assisti: Kocowa Brasil

    Lançamento:  25/11/2023

    Quando assisti/conclui: 14/06/2024

    O que achei:

    O enredo deste episódio 7 do especial de dramas da KBS (2023) é o clássico "de inimigos a apaixonados". Os protagonistas são universitário que travam uma batalha silenciosa para serem o melhor da classe. Cada um tem seu motivo para lutar por tal status acadêmico. Então Cha Seok Jin decide fazer uma posta com os amigos de conseguir derrotar a Kang Kyung Joo e se tornar o melhor aluno da classe. Para isso decide desestabilizá-la a pedindo em namoro, porém para sua surpresa Kang Kyung Joo aceita a proposta e ele acaba recebendo um contragolpe. Todas as suas tentativas de sabotagem amorosa acabam sendo revertidas, o que é hilário.

    Conforme a relação falsa vai se tornando cada vez mais sincera, Cha Seok Jin começa a sentir culpado pela farsa. Motivado pela sinceridade de seus sentimentos Cha Seok Jin decide renunciar a vida de luxo da família, bem como a pressão de ser o melhor, para viver a vida de forma mais leve sem a pressão de ser o melhor em tudo e ao lado da garota de quem ele gosta. 

    Uma comédia romântica fofa e engraçada bem levinha para que gosta do gênero.  

  • Pyramid Game

    30. Pyramid Game

    Korean Drama - 2024, 10 episodes

    8.0

    Onde assisti: Paramount+

    Lançamento: 29/02/2024 a 21/03/2024

    Quando assisti/conclui: 16/06/2024

    O que achei:

Tendências